NOME NOME NOME NOME NOME

30/11/2019

MULHER BALEADA NO ROSTO EM SÃO MIGUEL-RN MORRE NO HRTM EM MOSSORÓ; FOTO EM QUE SUSPEITO DE EFETUAR O DISPARO APARECE NO HOSPITAL PRESTANDO SOLIDARIEDADE ANTES DA TRANSFERÊNCIA DELA PARA MOSSORÓ CAUSA REVOLTA NAS REDES SOCIAIS




A vendedora Renata Ranyelle Maciel de Almeida, de 23 anos, que estava internada no Centro Cirúrgico do Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, em estado muito grave não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu naquela Unidade Hospitalar.
Após passar três dias em uma ala do centro cirúrgico do Hospital Regional Tarcísio Maia, Renata Ranyelle foi transferida para a UTI.
Renata Ranyelle foi vítima de um tiro no rosto quando trabalhava na Loja Nualge, na tarde do último sábado (23), no Centro da cidade de São Miguel, no Alto Oeste do Rio Grande do Norte. Inicialmente ela foi levada para o hospital local, que estabilizou o quadro.
Em seguida foi levada para o Hospital Regional de Pau dos Ferros, que também não reunia estrutura adequada para socorrer a jovem. A saída para transferi-la para o hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, onde passou por cirurgia no rosto.

Tentativa de homicídio ou de latrocínio .
Renata Ranyelle estava trabalhando com as colegas numa loja no Centro de São Miguel, quando o criminoso parou sua motocicleta em frente a loja e já deixou em ponto de fuga.
Invadiu a loja armado e as vendedoras correram para os fundos da loja. Renata Ranyelle foi pega pelo braço e obrigada a abrir o caixa. Ela assim procedeu.
Quando entregou dinheiro e celular, o assaltante estirou a mão e atirou no rosto dela numa distância inferior a 30 centímetros. Em seguida fugiu. O crime e a fuga foram filmados.
Leia também:


Quem analisou as cenas, concluiu que foi tentativa de homicídio e não assalto, o ex-namorado é o principal suspeito do crime teve a prisão decretada e fugiu.
Uma foto que circula nas Redes Sociais, vem  causando revolta e indignação entre as pessoas a imagem mostra que no momento em que a vendedora está sendo transferida para Mossoró o ex-namorado Paulo Roberto da Silva, 36 anos segura na mão dela como quisesse dar apoio a ela naquela situação tão difícil.
Foto em que suspeito aparece no hospital em São Miguel causa revolta entre as pessoas
Criminoso não levou dinheiro e polícia desconfia de tentativa de feminicídio

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.