Google Analytics Alternative
NOME NOME NOME

[VÍDEO] CRIME DE HOMICÍDIO NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO EM MOSSORÓ.

Ronaldo Lucas do Nascimento França 21 anos de idade,foi executado com tiros de pistola dentro do banheiro de sua residência.

CRIME DE HOMICÍDIO EM MOSSORÓ HOMEM BALEADO MORRE APÓS DAR ENTRADA NA UPA DO SANTO ANTÔNIO,SUSPEITO DO CRIME FOI PRESO.

Houve revide e o suspeito acabou baleado e preso com a arma, possivelmente usada no homicídio.

APÓS CRIME DE LATROCÍNIO NA BOA VISTA, FAMÍLIA DO REDENÇÃO, POSTA FOTOS DE "PROIBIDO SENTAR NA CALÇADA".

Segundo os familiares a ideia é chamar a atenção não das autoridades.

MORRE NO HRTM JOVEM BALEADO EM CARREATA EM MOSSORÓ.

Mendes Junior tinha sido pai na terça-feira (20),um dia antes de ser baleado.

CRIME DE HOMICÍDIO NO ALTO DE SÃO MANOEL EM MOSSORÓ-RN.

Ao lado do corpo foi encontrada uma motoneta Traxx Moby de cor vermelha e um capacete.

CRIME DE HOMICÍDIO NO BAIRRO BELO HORIZONTE EM MOSSORÓ-RN.

Ele ainda chegou a ser socorrido por populares para o Hospital Regional Tarcísio Maia mas já chegou sem vida.

NOME NOME

29/09/16

CRIME DE HOMICÍDIO NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO EM MOSSORÓ


O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou mais um crime de homicídio por volta das 19:00hs desta quinta feira 29 de setembro de 2016,em Mossoró no Rio Grande do Norte.Policiais Militares da Força Tática chegaram rapidamente no local da ocorrência mas a vítima identificada como o ex presidiário,Antônio Leandro Simão "Leandro Neguinho" 23 anos de idade que foi baleado no tórax e socorrido por populares para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM),já chegou naquela Unidade Hospitalar sem vida.A ação criminosa ocorreu na na Rua Geraldo Couto no Bairro Santo Antônio,próximo onde um jovem foi executado ontem (28).A Polícia apurou no local, que a vítima estava em via pública quando foi surpreendido por um veículo de características não identificadas,que chegou no local e um dos ocupantes desceu e efetuou os disparos atingindo Leandro. "Leandro Neguinho" foi preso no dia 08 de maio de 2015,acusado de matar Gabriel Lopes Mesquita, 18 anos,no banco da Praça Bento Praxedes no Centro de Mossoró,(Relembre AQUI!!!).Essa é a 175°morte violenta em mossoró em 2016.


A BATERIA ARRIOU? O RADIADOR PIFOU? LIGA PARA O DAVI


Temos todos os tipos de Radiadores & Baterias para linha leve e pesada (peças e serviços). A Bateria descarregou? Atendemos também a domicílio em toda Mossoró-RN sem custo adicional. Funcionamos de segunda a sexta das 07:00 as 17:30 (NÃO FECHAMOS PARA ALMOÇO) aos Sábados das  07:OO as 12:00. 
Fone: 84 3314-6576
Pensou em Radiadores e Baterias aqui é o lugar.

28/09/16

VIATURA 233 RECUPERA TRAXX AZUL TOMADA DE ASSALTO EM MOSSORÓ.


Policiais militares da viatura 233 Cabo Ocimar, Cabo Segundo e SD Santos Neto, foram acionados pelo COPOM por volta das 22:00hs desta quarta feira 28 setembro 2016, para o cruzamento das ruas Rodrigues Alves com Av. RIorque Branco, informando que uma Traxx de cor azul e placa QGC 6255 tomada de assalto no último dia 31 agosto do corrente ano, estaria com característica de abandono. Chegando ao local os policiais conduziram a motoneta para a DP de Plantão para os procedimentos cabiveis.

[VÍDEO] CRIME DE HOMICÍDIO NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO EM MOSSORÓ


No final da matéria vídeo onde o perito do ITEP e o Delegado de Plantão falam sobre o caso.
O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou mais um crime de homicídio por volta das 19:40hs desta quarta feira 28 de setembro de 2016,em Mossoró no Rio Grande do Norte.De acordo com as primeiras informações a vítima identificada como Ronaldo Lucas do Nascimento França 21 anos de idade,foi executado com tiros de pistola dentro do banheiro de sua residência na Rua Geraldo Couto no Bairro Santo Antônio.Segundo informações, ele estava chegando em casa, quando foi surpreendido por dois criminosos que estavam numa motocicleta. Ronaldo tentou se livrar dos disparos, mas foi alvejado com cerca de 12 disparos de pistola.A Polícia Militar isolou o local de crime até a chegada do Instituto Técnico-Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (ITEP),que removeu o corpo para a sede do órgão.Essa é a 174°morte violenta em mossoró em 2016.




Mais imagens AQUI!!!


CRIME DE HOMICÍDIO EM MOSSORÓ HOMEM BALEADO MORRE APÓS DAR ENTRADA NA UPA DO SANTO ANTÔNIO,SUSPEITO DO CRIME FOI PRESO


Suspeito foi preso pela PM
O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou mais um crime de homicídio no início da noite desta quarta feira 28 de setembro de 2016,em Mossoró no Rio Grande do Norte. De acordo com as primeiras informações dos policiais da viatura 233 Cabo Sidney e SD Alcivan, a vítima identificada como Alexandre Alexandre Rodrigues Dantas 26 anos de idade,que trabalhava como carroceiro foi alvejado quando estava chegando em casa. O mesmo foi socorrido por populares para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA,do Bairro Santo Antônio mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.As informações sobre o crime ainda são poucas, o que se sabe é que a vítima foi alvejada em via pública, na região do torax, mas não resistiu. 
Vítima
Após o crime a Polícia Militar, foi acionada para realizar diligências no sentido de localizar e prender o suspeito do homicídio. 
De acordo com as informações da PM, um homem identificado como José Talysson, suspeito do crime ao avistar a viatura da Força Tática sacou um revolver atirou na guarnição e empreendeu fuga. O mesmo foi alcançado na Rua Herculano Couto no bairro Barrocas. 
Houve revide e o suspeito acabou baleado e preso com a arma, possivelmente usada no homicídio. Familiares de Alexandre,foram ao local onde o suspeito foi preso e reconheceram José Talysson como sendo o autor dos disparos que atingiram e mataram o rapaz. 
O suspeito foi encaminhado ao Hospital Tarcísio Maia e depois de liberado será conduzido a Delegacia de Plantão para os procedimentos. Essa é a 173°morte violenta em mossoró em 2016.



APÓS CRIME DE LATROCÍNIO NA BOA VISTA, FAMÍLIA DO REDENÇÃO, POSTA FOTOS DE "PROIBIDO SENTAR NA CALÇADA".


Como uma forma que protestar, após mais um crime de latrocínio em Mossoró(Roubo seguido de morte), onde um pedreiro foi assassinado na porta de casa no bairro Boa Vista, na última segunda feira, 26, familiares de uma outra vítima de latrocínio ocorrido em fevereiro deste ano, no bairro Redenção em Mossoró, colocaram cartazes de "Proibido sentar nas calçadas". Segundo os familiares a ideia é chamar a atenção não das autoridades que segundo eles não fazem e não irão fazer nada a não ser que um dia quem sabe morra um parente próximo deles, de alertar a população de Mossoró, para não ficarem nas calçadas, expondo aparelhos eletrônicos, como, celulares, notebooks, tabletes, joias, relógios etc... "Muitas vezes os meliantes passam principalmente em horários no final da tarde início de noite, armados procurando alvos fáceis. e já que o governo não está nem ai pra nós, gostaria que postassem essa nota para nos proteger ou tentar nos proteger". Finalizou o familiar. Tai o registro que na nossa opinião pode ajudar a minimizar  pelo menos tentarmos nos proteger. Na ocasião a vítima presenciou um assalto a um parente próximo na calçada de sua casa, tentou reagir e foi morto pelos assaltantes.


ATENÇÃO! SECRETARIA DE CULTURA DE MOSSORÓ. VAMOS DÁ UM APOIO A ESSES JOVENS QUE ESCOLHERAM O CIRCO E NÃO AS DROGAS. EMPRESÁRIOS PODEM AJUDAR TAMBÉM.


Em meio a uma cidade totalmente tomada pela violência, e desigualdades sociais, ontem tivemos a ideia de apoiar e incentivar jovens e adolescentes do bairro Abolição IV, que resolveram investir na carreira circense ao invés das drogas. Apoiado por um Sargento da polícia militar de Mossoró, que com muito sacrifício e esforço vem tentando ajudar os garotos onde. O circo é totalmente   compostos por moradores de Mossoró, 100% mossoroense e está armado no bairro Bom Jesus, próximo a caixa d'água do bairro. Ontem prestigiando, podemos perceber a força de vontade dos garotos. Como são poucas cadeiras, os próprios moradores levam de casa a sua. Importante frisar o respeito e a participação da população do Bom Jesus. Não custava nada a Secretaria de Cultura do Município olhar com carinho por estes artistas da terra. Não basta ser cantor, ator de grandes espetáculos. O circo também é cultura e por que não olhar com esses olhos e pelo menos ajudar na infraestrutura dos garotos. Para que vocês possam ter uma ideia para conseguir energia só com ajuda de um morador que resolveu ajudar. O circo também trazem outros artistas paea realizarem seu espetáculo, ja temos confirmado ainda essa semana (quinta ou sexta, apresentação  do fanho. Alô empresários vocês podem também contribuir. Lima Cicos. Quem interessar em ajudar o facebook do circo é Lima Circos, e telefone contato (084)98783-5445 falar com Graceildo.










CAMINHONEIROS DE MOSSORÓ E REGIÃO, REALIZAM CAMPANHA PARA AJUDAR FAMÍLIA CARENTE EM MOSSORÓ.


Nós somos G.E.P GRUPO ELITE POTIGUAR, um grupo de caminhoneiros de Mossoró e todo Rio Grande do Norte, que no último dia 25 setembro 2016, realizamos um encontro para arrecadar alimentos para a família de Sr. Otoniel Gomes de Souza, ele perdeu sua esposa e ficou sozinho para criar sete filhos um deles com poucos meses de nascido. Conseguimos arrecadar não só alimentos, como brinquedos e roupas para as crianças. A entrega ocorreu ontem na própria residência localizada as margens da BR 405 estrada que liga a cidade de Mossoró/Apodi, logo após a descida do viaduto a primeira entrada à esquerda. Parabéns! à todos pelo gesto de caridade.




Está sem dinheiro? Banco em greve? Vá a Multy Cred Empréstimos



EMPRÉSTIMOS SEM BUROCRACIA
Rua Dr. Mário Negócio,34 (próximo a Parada de Taxi de Tibau) Centro de Mossoró
Ligue e faça uma Simulação - (84) 3316-0683
Aberto de Segunda a Sexta  das 07:20 as 17:20
VISITE NOSSO SITE E SAIBA MAIS CLIQUE AQUI

NOTA DE PESAR PELA MORTE DO POLICIAL MILITAR DA RESERVA MANOEL CLEMENTINO DO CARMO


É com pesar e profunda consternação que a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), recebeu na noite desta segunda-feira (27) a notícia do falecimento do policial militar da reserva Manoel Clementino do Carmo. 
Manoel Clementino atualmente exercia o cargo de vereador na cidade de Serrinha dos Pintos e participava de uma carreata política quando um elemento ainda não identificado efetuou disparos de arma de fogo contra a multidão. Na ação, o vereador e policial militar da reserva foi alvejado e não resistiu aos ferimentos. Outra pessoa também foi a óbito e outras duas foram alvejadas de raspão, sem gravidade. 
O subtenente Manoel Clementino, natural de Caicó, tinha 56 anos, e serviu a corporação durante 30 anos (1983 a 2013) quando foi para a reserva e assumiu um cargo do Poder Legislativo de Serrinha dos Pintos. 
Toda estrutura da Sesed foi prontamente disponibilizada para apurar o ocorrido, identificar e prender os acusados. As polícias Militar e Civil estão em diligências para elucidar o caso. 
O velório ocorrerá na sede da Câmara Municipal de Serrinha do Pintos, onde exercia o seu mandato, e o enterro será realizado às 17h no cemitério do município. 
“Neste momento de dor para todos, lamentamos a forma cruel e covarde que resultou na morte de um policial militar que dedicou trinta anos de sua vida lutando contra o mal e buscando a paz para toda a sociedade. Que Deus conforte sua família e amigos e que uma rápida resposta seja dada com a prisão do autor deste crime! ”, disse o secretário da Segurança Pública e da Defesa Social, Caio Bezerra.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 
SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL 
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 

COMANDANTE MANDA PRENDER SOLDADO DA PM/RN QUE USOU REDE SOCIAL PARA CRITICAR POLÍCIA


Soldado Figueiredo foi punido disciplinarmente com 15 dias de prisão. Segundo a defesa do policial, sindicância ‘castra o direito de pensamento’.
A Polícia Militar do Rio Grande do Norte mandou punir um soldado, com 15 dias de prisão, por entender que ele cometeu uma transgressão disciplinar ao usar uma rede social para fazer críticas ao atual modelo de polícia. João Maria Figueiredo da Silva é lotado na cidade de Touros, no litoral Norte potiguar. Ele ainda não foi oficialmente notificado da decisão e segue trabalhando normalmente.
Segundo Boletim Geral datado de 21 de setembro, o soldado “publicou palavras não condizente com a ordem castrense, que desrespeita e ofende a instituição e seus integrantes, além de promover o descrédito do bom andamento do serviço ostensivo da Polícia Militar, conduta que é considerada contrária as normas regulamentares e éticas esculpidas no Regulamento Disciplinar da Polícia Militar” (SIC).
As palavras nas quais a sindicância faz referência foram postadas no dia 26 de abril no Facebook. Encontram-se numa página chamada Mudamos – que propõe discussões sobre o sistema brasileiro de segurança pública. “Esse estado policialesco não serve nem ao povo e muito menos aos policiais que também compõe uma parcela significativa de vítimas do atual contrato social brasileiro. Temos uma Polícia que se assemelha a jagunços, reflexo de uma sociedade hipócrita, imbecil e desonesta!!” (SIC), comentou o soldado Figueiredo.
Para o tenente-coronel Arthur Emílio Monteiro de Araújo, assessor de comunicação da PM, a punição ao soldado foi aplicada conforme o previsto no regulamento. “Ele foi punido de acordo com as normas. Quando ingressou na Polícia Militar, ele sabia quais eram as regras. As redes sociais facilitam a comunicação, mas as pessoas esquecem dos cuidados. Essa é uma orientação que nós damos: tenham cuidado com o que é postado, porque o que é dito pode ser usado contra a própria pessoa. Muitas vezes, os policiais se expõem e acabam também expondo seus familiares sem necessidade alguma”, comentou.
Comentário feito pelo soldado João Maria Figueiredo foi considerado uma ofensa à Polícia Militar (Foto: Reprodução/Facebook)
'Punição severa'
Presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM no Rio Grande do Norte, o cabo Roberto Campos considera que a punição foi bastante severa. "Extremamente rigorosa e que causa muita preocupação. Estamos falando de um regulamento disciplinar ultrapassado, que pode dar margem para perseguições. O governador Robinson Faria prometeu, durante sua campanha, dar fim a isso, para acabar com essas prisões administrativas. O governador da Paraíba acabou com a prisão administrativa através de decreto e não com o regulamento disciplinar. O RN também precisa sair do discurso. Não existe nenhuma necessidade dessa punição. O soldado Figueiredo não atingiu ninguém. Acontece que estão usando um código arcaico para suprimir a liberdade de expressão, para esconder e não permitir que as pessoas tomem conhecimento dos abusos que ocorrem dentro dos quartéis da Polícia Militar”, declarou.
Ainda de acordo com Campos, o Regulamento Disciplinar da PM potiguar é tão antigo que ainda prevê punição para os militares que casarem sem antes solicitarem permissão aos seus superiores. “São coisas totalmente em desuso, mas que ainda estão no papel. E se alguém quiser fazer valer a regra? O policial que casar sem comunicar, deve ser preso? Se cuspir no chão, deve ser preso? Em um ambiente público, como em um ônibus ou em um restaurante, por exemplo, o policial deve se levantar e dar o lugar. O subordinado não pode estender a mão para apertar a mão de um superior, mas se o superior estender a mão, ele não pode se recusar a apertar. São coisas deste tipo que estamos falando”, acrescentou.
O advogado Bruno Saldanha, que faz a defesa do soldado, também comentou o caso. Segundo ele, “andou mal o comandante-geral da PM em prestar-se a abrir procedimento disciplinar para o fim de castrar o direito de pensamento do policial, de modo a constrangê-lo em decorrência de sua ideologia e pensamento político. A nosso ver, o procedimento em questão não se presta ao interesse público. As práticas, regras e hermenêuticas aplicadas ontem não devem ser as de hoje. A abertura de um procedimento desta natureza é um atentado à democracia, ao Estado de Direito. É ir contra tudo aquilo que se vem batalhando para que não aconteça, ou seja, o fim da Polícia Militar”.
Saldanha lembra que existe uma recomendação da Secretaria Nacional de Segurança Pública no sentido de extirpar a prisão disciplinar das corporações militares estaduais, bem como a reforma urgente dos regulamentos disciplinares e sua substituição por códigos de ética que estejam em consonância com a nova ordem constitucional. “A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou uma lei que veda a prisão disciplinar no âmbito da PM e do Corpo de Bombeiros Militar; o decreto de 21 de setembro deste ano, no estado da Paraíba, determinando a extinção da prisão disciplinar; o posicionamento do STF sobre a liberdade de expressão de militares e violação do artigo 220 da Constituição Federal, que trata da manifestação do pensamento; além dos tratados internacionais firmados pelo Brasil em defesa dos Direitos Humanos que, em razão das decisões dos comandos da PM e do Corpo de Bombeiros podem gerar sanções financeiras e diplomáticas, retratam claramente o que estamos defendendo aqui”, acrescentou o advogado.
Publicado no dia 21 deste mês. Boletim Geral da PM traz a punição de 15 dias de prisão ao soldado João Maria Figueiredo da Silva (Foto: Reprodução/BGPMRN)
'Transgressões exageradas'
O presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM do Rio Grande do Norte listou algumas das transgressões que ele considera exageradas. Veja:

– Contrair dívidas ou assumir compromisso superior às suas possibilidades, comprometendo o bom nome da classe;
– Recorrer ao judiciário sem antes esgotar todos os recursos administrativos;
– Ter pouco cuidado com o asseio próprio ou coletivo, em qualquer circunstância;
– Portar-se sem compostura em lugar público;
– Frequentar lugares incompatíveis com seu nível social e o decoro da classe;
– Conversar ou fazer ruído em ocasiões, lugares ou horas impróprias;
– Usar traje civil, o cabo ou soldado, quando isso contrariar ordem de autoridade competente;
– Deixar de portar, o policial militar, o seu documento de identidade, estando ou não fardado ou de exibi-lo quando solicitado;
– Deixar, quando estiver sentado, de oferecer seu lugar a superior, ressalvadas as exceções previstas no Regulamento de Continência, Honra e Sinais de Respeito das Forças Armadas;
– Sentar-se a praça, em público, à mesa em que estiver oficial ou vice-versa, salvo em solenidade, festividade ou reuniões sociais;
– Deixar o subordinado, quer uniformizado, quer em traje civil, de cumprimentar superior uniformizado ou não, neste caso desde que o conheça ou prestar-lhe as homenagens e sinais regulamentares de consideração e respeito;
– Censurar ato de superior ou procurar desconsiderá-lo;
– Discutir ou provocar discussões, por qualquer veículo de comunicação, sobre assusto políticos, militares ou policiais militares, executando-se os de natureza exclusivamente técnicos, quando devidamente autorizados;
– Autorizar, promover ou tomar parte em qualquer manifestação coletiva, seja de caráter reivindicatório, seja de crítica ou de apoio a atos de superior, com exceção das demonstrações íntimas de boa e sã camaradagem e com reconhecimento do homenageado;
– Aceitar o policial militar qualquer manifestação coletiva de seus subordinados, salvo as referidas no número anterior;
– Autorizar, promover ou assinar petições coletivas dirigidas a qualquer autoridade civil ou policial militar;
– Embriagar-se ou induzir outro à embriaguez, embora tal estado não tenha sido constatado por médico;
– Usar, quando uniformizado, barba, cabelos, bigode ou costeletas excessivamente compridos ou exagerados, contrariando disposições a respeito;
– Usar, quando uniformizado, cabelos excessivamente compridos, penteados exagerados, maquilagem excessiva, unhas excessivamente longas ou com esmalte extravagante;
– Usar, quando uniformizado, cabelos de cor diferente da natural ou peruca, sem permissão da autoridade competente;
– Frequentar uniformizado cafés e bares;
– Receber visitas nos postos de serviço ou distrair-se com assuntos estranhos ao trabalho.
Bombeiro também é punido
A punição aplicada ao soldado Figueiredo não é um caso isolado. Presidente da Associação dos Bombeiros Militares do RN, o soldado Dalchem Viana do Nascimento Ferreira também foi punido por fazer uso de redes sociais. Assim como o PM, o bombeiro também aguarda notificação. Enquanto isso, segue rotina normal de trabalho.
No caso do dele, o castigo foi de três dias de prisão por ter enviado um áudio em um grupo de WhatsApp no qual convoca membros associados para uma assembleia. Na gravação, feita no dia 22 de junho, o militar fala: “Senhores boa tarde. É, só pra informar para que todos os soldados e cabos da ABM estão convidados não, estão convocados a comparecer a esta reunião, no dia e local marcado, porque o quartel é também de cabos e soldados, então estão todos convocados a comparecerem a reunião. Eu estarei lá, entendeu, a Comissão de Direito da OAB também estará lá e também vou levar a situação agora ao Secretário de Segurança, e a chefe de Gabinete Civil” (SIC).
Em nota, a Comissão de Direito Militar da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte repudiou a decisão. Leia a íntegra:
Tendo consciência, porém, da complexidade da situação estabelecida, a Comissão de Direito Militar da OAB-RN informa que buscará os envolvidos para debater a situação, tendo, inclusive, constituído um grupo de trabalho para a discussão do tema. Importa, ainda, ressaltar que esta comissão acompanhará os desdobramentos do caso em conjunto com a Comissão de Direitos Humanos da OAB-RN, haja vista notícias relativas a violações de direitos fundamentais e tratados internacionais firmados pelo Brasil, no intuito maior, sempre, da preservação das garantias constitucionais.
Samuel Vilar de Oliveira Montenegro
Presidente da Comissão de Direito Militar da OAB/RN
'Sanções diplomáticas'
Na condição de advogado das partes, tanto do policial militar como do bombeiro, Saldanha considera que as punições podem causar sanções internacionais ao Brasil. "Refutamos como gravíssimas as penalidades impostas pelos Comandos da PM e do Corpo de Bombeiros. Prisão é algo muito sério. Não estamos a falar de crime, mas da manifestação do pensamento de cidadãos que merecem proteção do Estado. Não cabe nesta quadra da vida democrática brasileira violações a direitos fundamentais, como, a liberdade de pensamento, associação e opinião. O que nos preocupa é o uso seletivo do Regulamento Disciplinar da PM para constranger os profissionais de segurança pública do Estado. Tanto é que não se viu a abertura de qualquer procedimento disciplinar de vários militares, alguns de alta patente, que foram para as redes sociais fazem propagar apologia ao golpe militar em pleno regime democrático ou, ainda, promoção à violência policial. Por isso dizemos que o cunho destes procedimentos é manifestamente político. Não se visa proteger a honra ou a imagem da corporação e, mesmo que fosse, a Estado poderia mover a respectiva ação reparatória. Esperamos que o Governo do Estado e a Secretaria de Segurança tomem as rédeas da situação e desfaçam estes atos contra a democracia brasileira. A repercussão do caso já é internacional, a OAB e os órgãos de proteção aos direitos humanos, como a Anistia Internacional e a Human Rights já tomaram ciência do caso e já acionaram os organismos internacionais competentes. O Brasil pode sofrer sanções severas no campo diplomático, além de sofrer com pesadas multas. Várias destas normas internacionais já se encontram internalizadas e com força de norma constitucional. Não cabe distorcer a conjuntura normativa constitucional vigente em detrimento de Regulamentos Disciplinares claramente não recepcionados", comentou.
Ainda segundo o advogado, "a PM e o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte não respeitam a lei, a competência da Corregedoria da Secretaria de Segurança, a necessária publicidade dos atos e até mesmo as prerrogativas de advogados, se julgam acima de qualquer autoridade, uma vez que não permitem que suas decisões sejam revisadas pela própria secretaria de segurança ou até mesmo pelo Governador do Estado. Entendem que o direito de punir é da autoridade militar e não do Estado. Levam as supostas indisciplinas, especialmente estas de cunho opinativo para o lado pessoal e impõe, a seu bel prazer, todo tipo de penalidade. Lá quem decide como e quantos dias o militar ficará preso não é a Lei, mas sim a autoridade militar. Em pleno século 21, num país democrático, temos cidadão sendo presos por expressar sua opinião. Iremos cobrar providências e, também, lutar para que medidas firmes sejam tomadas. O militar também é dotado de direitos e garantias e não pode ter sua liberdade de expressão censurada", concluiu.

Anderson Barbosa
G1/RN

27/09/16

DOCUMENTOS PERDIDO.


Pede-se quem encontrou os documentos de Cleudemir Soares Maia, uma habilitação e documento de uma POP. Foram perdidos nas imediações do Rebouças do Santo Antônio para a UPA. Favor ligar para  (084) 9 8854-7324.

DOIS SÃO PRESOS, UM DELES ARMADO, NAS PROXIMIDADES DO NOGUEIRÃO NO NOVA BETÂNIA EM MOSSORÓ.


Anderson de vermelha estava com a arma
Dois elementos um deles armado, não deram muita sorte e se depararam nas imediações do Nogueirão, mais precisamente na rua Alaíde da Escóssia no bairro Nova Betânia em Mossoró, com a viatura 234 do BH, e quando os policiais bateram de frente suspeitaram e já foram abordando. Com eles os policiais encontraram uma arma de fogo. Eles estavam em uma Traxx de cor vermelha. Anderson Dias da Silva, 19 anos estava com a arma. O outro identificado como João Pedro da Silva Lopes, 20 anos, informou ser natural de Jandira - SP e ambos estão morando no Assentamento Recanto da Esperança, sítio Alagoinha perto das quatros bocas. Os dois foram conduzidos para a DP para os procedimentos cabíveis. A prisão ocorreu por volta das 15:50hs desta terça feira 27 setembro 2016. Polícia acredita que eles tentavam praticar assalto nas imediações e pede quem reocnhecer comparecer a DEFUR e prestar queixa se caso já foi vítima de um deles.





Fotos do local da abordagem Polícia 24 horas Mossoró

ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL NA ESTRADA DA RAIZ EM MOSSORÓ-RN.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192,foi acionado por volta das 14:00hs desta terça feira 27 de setembro de 2016 para uma ocorrência de colisão carro com moto na Estrada da Raiz em Mossoró no Rio Grande do Norte.Segundo informações a vitima identificada como Manoel Andrade da Silva, 71 anos de idade, pedreiro e era proprietário de um bar no sitio Cajazeiras,seguia para o Conjunto Nova Mossoró quando foi colhido violentamente por um carro.Uma testemunha disse à polícia que a batida foi de frente, mas a perícia criminal, identificou marcas e evidencias que o carro e a moto trafegavam no mesmo sentido. O carro foi encontrado batido a cerca de 1 km do local e em sentido contrário do acidente.Segundo a polícia foi o condutor do veículo, quem acionou o socorro medico e só depois saiu do local. Ele teria tentado retornar para a cidade e bateu o carro num poste de iluminação, na estrada do Óleo, lá mesmo na estrada da raiz.Uma ambulância ALFA com suporte avançado foi até o local e a vítima já se encontrava em óbito.A Polícia Militar isolou o local até a chegada do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP),que removeu o corpo para a sede do órgão.



SOB FORTE COMOÇÃO, PARENTES E AMIGOS SE DESPEDEM DE PEDREIRO MORTO APÓS ASSALTO EM MOSSORÓ.


Sob clima de forte comoção, parentes e amigos do pedreiro Antônio Ademar Vieira, 62 anos morto durante assalto ontem em Mossoró, dão último adeus. Enterro ocorreu no final da manhã desta terça feira 27 setembro 2016. Sr. Ademar foi morto na frente de familiares no final da manhã desta segunda feira, na rua Silva Jardim no bairro Boa Vista. Segundo informações ele se negou entregar um aparelho celular a o assaltante que disparou um único tiro que atingiu sua testa. Ele ainda foi socorrido para o HRTM mas não resistiu a gravidade dos ferimentos. Nossos sentimento a família de seu Ademar que era evangélico e o velório ocorreu na Igreja Assembléia de Deus da Coelho Neto onde ele congregava. 


MOTO TOMADA DE ASSALTO EM MOSSORÓ. RECOMPENSA PARA QUEM SOUBER O PARADEIRO.


Uma moto Fan 150 vermelha e ano 2013/2014, Placa OWB 1209, foi tomada de assalto no Alto da Conceição na cidade de Mossoró, nas proximidades da Praça da Pirâmide na rua Joaquim Nabuco na noite desta segunda feira 26 setembro 2016. O proprietário oferece recompensa a quem passar informações que leve ao paradeiro da moto, ligue: (84)99950-1906, ou para o 190.

GUARDA MUNICIPAL É UM DOS PRESOS POR FRAUDE EM CONCURSO DA PM NO CE


Quatro pessoas foram presas com pontos eletrônicos e gabarito da prova. Guarda municipal e os outros envolvidos foram autuados por fraude.
Um dos quatro presos por fraude no concurso da Polícia Militar é um guarda da cidade de Tianguá, no interior do Ceará, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgada nesta segunda-feira (26). Os envolvidos foram detidos em flagrante com pontos eletrônicos, que eram utilizados para receber as respostas.
Conforme a SSPDS, três homens foram presos em diferentes locais de prova no Centro de Fortaleza. De acordo com a Polícia Civil, um dos suspeitos foi flagrado no local de prova utilizando um aparelho eletrônico. Ele foi preso também com o gabarito da prova. Uma mulher foi presa com um ponto eletrônico e um celular escondido sob a roupa no Bairro Messejana.
Os envolvidos foram autuados no artigo 331, que consiste em fraudes durante certames de interesse público. A pena para este delito vai de um a quatro anos de reclusão e multa. O guarda municipal foi autuado também no artigo 331 parágrafo terceiro, o que aumenta a pena em um terço da pena, pelo agravante do suspeito ser funcionário público.
Concurso
A primeira fase do concurso público da Polícia Militar foi realizada no último domingo (25), e contou com a participação de 70.133 candidatos, distribuídos em 95 locais diferentes de prova. Foram 10.349 ausentes, que totalizou 12,86% das inscrições iniciais, que eram de 80.484.
Serão 4.200 vagas para soldado, distribuídas em três turmas, que deverão ser convocadas até o ano de 2018. Este reforço representará um acréscimo de 26,08% ao efetivo atual da corporação.


G1-CE

HOMEM COM TORNOZELEIRA ELETRÔNICA É PRESO EMBRIAGADO APÓS SE ENVOLVER EM ACIDENTE NA RN 117 EM MOSSORÓ


Um homem que não portava documentos de identificação e disse que se chamava,Francisco das Chagas Dantas foi preso na noite desta segunda feira 26 de setembro de 2016,após se envolver em uma colisão frontal entre dois carros na RN 117 em Mossoró no Rio Grande do Norte.
Para a surpresa dos policiais que atenderam a ocorrência o homem estava com uma tornozeleira eletrônica que serve para monitorar presos em regime aberto e semiaberto.
O homem que estava bastante embriagado ainda deu uma de valentão contra os Policias da Força Tática que o conduziram para a Delegacia de Plantão para os procedimentos cabíveis.O mesmo também foi conduzido até o posto da PRF para fazer o teste do bafômetro que teve como resultado 0,71 miligramas de álcool por litro de ar que é considerado crime de trânsito.