NOME NOME NOME NOME

CRIANÇA DE 7 ANOS É BALEADA E DÁ ENTRADA NA UPA EM MOSSORÓ

Caso ocorreu no bairro Planalto treze de maio em Mossoró.

'TERRORISMO SE COMBATE COM FOGO',ESCREVEU ATIRADOR DO MPRN.

Guilherme tinha motivações políticas para atacar procuradores e promotor.

[VÍDEO] CRIME DE HOMICÍDIO NO BAIRRO PAREDÕES EM MOSSORÓ-RN.

Essa é a 53° morte violenta em Mossoró em 2017.

NOME NOME

26/03/2017

INDIVÍDUO É PRESO PELA PM COM ARMA E DROGAS NO SANTA DELMIRA EM MOSSORÓ-RN


Durante patrulhamento de rotina, na tarde deste domingo (26), policiais militares da Força Tática do 2º BPM prenderam Kalielson Alves Nogueira, 23 anos, sob a acusação de tráfico de drogas no Parque das Rosas do Santa Delmira, zona oeste de Mossoró. O acusado foi preso num imóvel com uma espingarda calibre 12, doze munições, 58 pedras de crack, 16 trouxinhas de maconha e dinheiro fracionado.
A prisão é resultado de um trabalho rotineiro de militares da Força Tática, os quais diuturnamente realizam abordagens em pessoas suspeitas em locais conhecidos pela comercialização de entorpecentes no município. O acusado foi apresentado na Delegacia de Plantão de Mossoró e, após autuado, foi encaminhado para unidade do Sistema Penitenciário Estadual para aguardar parecer da justiça.


Comunicação 2ºBPM

54° MORTE VIOLENTA EM MOSSORÓ EM 2017


Fagner Almeida Marinho conhecido como Faguinho, de 24 anos de idade, que residia na Rua Desembargador Silvino Bezerra, no bairro Costa e Silva, morreu na manhã de hoje, 26 de março de 2017, no Hospital Regional Tarcísio Maia, onde estava internado desde a manhã do dia 23. (RELEMBRE)
Ele foi baleado na cabeça com dois disparos, na Travessa Leonizio Rodrigues Fernandes,no bairro onde morava e desde de então que estava num dos leitos do Hospital e não resistiu.
Hoje, 26 de março, Essa é a 54° morte violenta em Mossoró em 2017
Em março de 2014,Fagner Almeida foi preso sob suspeita de incendiar um ônibus coletivo da empresa Sideral, fato corrido no Conjunto Vingt Rosado.
Após ser ouvido na delegacia e por faltas de provas ele foi liberado, mas dias depois foi preso novamente, desta vez por porte de droga e mais uma vez posto em liberdade, pois na delegacia foi feito apenas um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por causa da pequena quantidade de droga que foi pego com ele.(RELEMBRE AQUI )
NOME NOME

CRIANÇA DE 7 ANOS É BALEADA E DÁ ENTRADA NA UPA EM MOSSORÓ.


Uma criança de apenas sete anos, deu entrada por volta das 00:40hs deste domingo 26 março 2017, na UPA do São Manoel, vítima de disparos de arma de fogo na região do tórax. Segundo socorristas Sandrik e Ozaniel da BRAVO-01 do SAMU que fez a transferência da garotinha para o HRTM, o tiro transfixou o tórax e o estado de saúde da criança é estável porém inspira cuidados. Ela estava consciente e orientada relatou os socorristas. A mãe da criança bastante abalada, estava inconformada, por não saber direito o que aconteceu. Segundo ela, seu esposo chegava em casa de moto com a menininha quando abriu o portão saíram dois da esquina gritando. "Perdeu, perdeu" e enquanto ela fechava o portão eles atiravam. "Não devo nada a ninguém, não tenho inimizades nem meu marido. Não sei se foi uma tentativa de assalto". Finalizou ela. O esposo dela segundo informações também foi baleado de raspão e o portão da casa fixou crivado de bala. Caso ocorreu no bairro Planalto treze de maio em Mossoró. Estamos na torcida pela recuperação da garotinha

25/03/2017

'TERRORISMO SE COMBATE COM FOGO',ESCREVEU ATIRADOR DO MPRN


Guilherme tinha motivações políticas para atacar procuradores e promotor. Servidor afirma que passou 3 anos planejando crime praticado nesta sexta.
Servidor do MP se apresentou neste sábado e ficou preso (Foto: Carlos Lima/Inter TV Cabugi)
O servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte Guilherme Wanderley Lopes Silva teve motivações políticas e administrativas para atacar procuradores e um promotor de justiça, nesta sexta-feira (24), deixando dois baleados. Em carta escrita antes de praticar o crime, ele destacou que: 'terrorismo se combate com fogo'. E ainda 'alguém precisava fazer algo efetivo e dar uma resposta a esse genuíno crime organizado'.
Guilherme Wanderley invadiu uma reunião onde estava o procurador-geral de Justiça do RN, Rinaldo Reis, no final da manhã desta sexta-feira. Ele chegou a atirar contra Rinaldo, mas errou. No entanto, conseguiu acertar o  promotor público Wendell Beetoven nas costas e dois tiros no procurador-geral adjunto, Jovino Sobrinho.
Ele estava sendo procurado pela polícia e se apresentou no final da manhã deste sábado (25). Depois disso, ficou preso por força de um mandado de prisão preventiva e foi levado para o Centro de Detenção Provisória da Ribeira.
Também nesta tarde, o Ministério Público divulgou a íntegra da carta que foi escrita por Guilherme Wanderley e deixada na sala do procurador-geral. No documento, o servidor cita várias questões políticas e administrativas referentes à gestão de Rinaldo Reis, bem como do procurador-geral adjunto e do promotor Wendell.
Trecho da carta do atirador divulgada pelo Ministério Público do RN (Foto: Divulgação/MPRN)
Sobre o motivo para matar os três, o funcionário do MP criou um tópico específico no qual escreveu: "Ora, o motivo é intuitivo: legítima defesa sui generis própria e alheia. Alguém precisava fazer algo efetivo e dar uma resposta a esse genuíno crime organizado. Resposta do tipo: 'para algumas ações, haverá sim reação'. Ou: 'quem planta... colhe'. A verdade não pode ser calada, nós estamos numa guerra que, infelizmente, é imperceptível por muitos dada a gigantesca cegueira do nosso povo ignorante, desorganizado e, por isso mesmo, culpados. A caneta tem o poder de ferir e matar. Meu lema há muito tempo é: trate os outros como gostaria de ser tratado e procurando dar a cada um o que é seu. Tão fácil de seguir, mas, infelizmente, tão desprezado".
Planejamento
Guilherme escreveu ainda que seu plano de matar os procuradores e o promotor vem desde o ano de 2013. "Eu estou preparado desde 2013, na espreita de sua principal jogada maldosa: exonerar os assessores ou ataque à suas finanças. Aí sim, eu teria carta branca para fazer o que tinha e tem que ser feito. Sigo o critério objetivo dele. O que é ruim para o todo deve ser descartado. Ele inspira tremenda má influência e isso já temos de dobra. Tinha que esperar até o último momento, até minhas finanças se esgotarem, porque a tarefa não é nada fácil, apesar de necessária".
Ainda no documento, ele completa: "São mais de 3 anos esperando (desde abril de 2013). Angústia porque não sou dono da verdade e, por isso mesmo, ainda tenho um pouquinho de dúvidas acerca dessa minha conduta. Cerca de 5% a 10% de dúvidas. Mas, satisfação porque pedi resposta a Deus e, pelo que percebi, ele me mostrou esse caminho. Tenho cerca de 90% de certeza de que assim devo proceder. Os sinais foram vários, claros e eu prometi a Deus e a Jesus Cristo que estaria pronto para essa tarefa. Ora, se prometi uma coisa a Eles... como posso voltar atrás? Nunca! Sou um servo de Deus e de Jesus Cristo".
O servidor, em determinado trecho da carta, deixa claro que seus planos eram matar os alvos: "Hoje, aconteceu o 'impeachment qualificado' (pelo menos, do procurador-geral de Justiça e do procurador-geral de Justiça adjunto, ambos aqui do Rio Grande do Norte). Notem que o impeachment convencional não seria possível, tendo em vista que o Rinaldo sabia se articular bem e, relembrando a eleição, conseguiu 132 votos a favor e 82 contra, como consequência, logrou êxito na candidatura do citado cargo".
Ele também dá indícios de que sabia que poderia morrer durante a ação planejada ou até mesmo tirar a própria vida, ao ressaltar: "Esse meu relato eu tentarei entregar a algumas pessoas de bem, honestas, visando a melhor divulgação possível desse trabalho e sem cortes. Vocês que ficam, busquem a dignidade. Encontrem um caminho mais fácil que o meu".

Exoneração
Guilherme fala em vários pontos do documento sobre a conduta de Rinaldo Reis e seus assessores a frente do Ministério Público e destaca: "Na verdade, desde abril de 2013, foi o epicentro, pois, nesse ano, foi engendrado meu plano infalível para destronar esses déspota mais ou menos esclarecido e alguns de seus, pois, naquela data houve o debate da campanha ministerial, quando ele falou que os assessores seriam exonerados, o sangue ferveu e eu tive a certeza dos minhas intenções".
"Quem quiser entender melhor o porquê da minha ira, é só olhar o CD do debate. Veja que, meu cargo tem muito mais legitimidade que o deles. Jovino foi, inclusive, empossado como adjunto sem autorização do Colégio de Procuradores de Justiça. Estou tentando dar bons exemplos ao Brasil. Como um beija-flor apagando um incêndio. E mudar pra melhor. Exagero se combate com exagero. Terrorismo se combate com fogo", completou.
Ao final do documento que foi deixado na sala do procurador-geral de Justiça, o servidor autor do atentado ainda colocou uma carta de renúncia e exoneração para que o procurador-geral Rinal Reis assinasse, assim como o procurador-geral adjunto Jovino Sobrinho e o promotor Wendell Beetoven.
Atirador Guilherme Lopes preparou pedido de exoneração para que vítimas assinassem (Foto: Divulgação/MPRN)
Corrupção e questões sociais
Também em seu texto, o servidor do MP cita problemas sociais e ainda a corrupção no Brasil. "Temos policiais mal remunerados, sem diárias, com salários atrasados, sem estrutura, sem voz. Justamente o setor que inicia o combate ao crime, é um dos mais esquecidos pelo Estado. Muitos ainda estão dispostos a perder a vida a se corromper. Essa parte é linda. É, o pior é que tem muita gente que reclama, mas, concorda em ser corrupto. A verdade é sempre revelada, cedo ou tarde. O brasileiro é um povo muito corrupto, nesse sentido foram as várias e oportunas crônicas de Arnaldo Jabour. Ocorre que, os maus dominam, mesmo assim, há muita gente boa no nosso país e devemos lutar por nós e por essa minoria. Devemos fazer ou tentar fazer com que a maioria entenda que a corrupção é ruim para todos. O trabalho dos bons não pode parar. Qualquer que seja sua dimensão: beija-flor ou industrial. Pouco ou muito. Porque o importante é alimentarmos o espírito. A luta é importante, o resultado terreno não. Vamos dar uma chance a mais ao RN, ao Brasil.

DO G1-RN

INDIVÍDUO É PRESO COM DUAS MOTOS ROUBADAS NO BAIRRO PINTOS EM MOSSORÓ-RN


Durante um patrulhamento de rotina na tarde deste sábado 25 de março de 2017,a Rádio Patrulha composta pelo Cabo Lindemberg e O Sd Luzemberg surpreendeu e prendeu um elemento com duas motos roubadas na Rua Alvanir R. Marques no Bairro Pintos em Mossoró no Rio Grande do Norte.
Uma dupla se encontrava em atitude suspeita e ao avistarem a viatura tentaram se evadir,um conseguiu fugir mas o outro acabou preso.
Na residência onde eles estavam,que estava servindo com ponto de desmanche de motos os policiais encontraram duas motocicletas roubadas e várias peças de TRAXX.
Victor Anderson da Silva,18 anos de idade foi conduzido para a Delegacia de Plantão e apresentado a autoridade policial para os procedimentos cabíveis.



SACOLEIROS SÃO ALVOS DE ASSALTANTES NA ENTRADA DE MOSSORÓ.


Dois elementos armados renderam por voltas das 17.20hs deste sábado 25 março 2017, ocupantes de um zafira que segundo informações os ocupantes são sacoleiros. As vítimas foram rendidas na entrada de Mossoró no Redenção e levados para a estrada do óleo na estrada da raiz. Após arrastão e assalto levaram o veículo e abandonaram uma moto vermelha no local que possivelmente seja produto de roubo. As vítimas seguiram a pé para um posto na BR 304 e pediram ajuda. Três viaturas da Polícia Militar faz buscas na região atrás dos dois suspeitos que fugiram em direção ao Santo Antônio. Até agora ninguém foi preso.

[VÍDEO] CRIME DE HOMICÍDIO NO BAIRRO PAREDÕES EM MOSSORÓ-RN


No final da matéria vídeo onde o Delegado de Plantão,e Perito do ITEP falam sobre o caso.
O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou mais um crime de homicídio por volta das 10:50hs deste sábado 25 de março de 2017,em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa ocorreu na Rua Venceslau Braz no Bairro Paredões próximo a Igreja São José.
De acordo com as primeiras informações a vítima identificada como Silvio Ney Filgueira dá Silva de 48 anos,residente na Rua Rodrigues Alves no mesmo bairro,foi morto a tiros em via pública.
A autoridade policial, informou também que recebeu informações de que a vítima era acusada de um homicídio, ocorrido no dia 01 de julho de 2015, por volta de 13h20min na rua Prudente de Morais no bairro Bom Jardim onde foi vítima um adolescente de 17 anos identificado como Renaldo da Silva Júnior."Juninho Pitibul" (RELEMBRE).
A Polícia Militar isolou o local de crime até a chegada do Instituto Técnico-Científico de Perícia-ITEP,que removeu o corpo para a sede do órgão.
Essa é a 53° morte violenta em Mossoró em 2017.



Mais imagens AQUI!!!

EM CARTA,ATIRADOR DIZ QUE TRÊS MEMBROS DO MPRN ERAM ALVOS


Rinaldo Reis, Jovino Sobrinho e Wendell Beetoven seriam mortos. Servidor Guilherme Lopes atingiu dois deles; ele ainda está foragido.
Rinaldo Reis (ao centro) disse como Guilherme Lopes cometeu atentado no MP (Foto: Cláudia Angélica/InterTV Cabugi)
O procurador-geral de Justiça, o procurador-adjunto e o coordenador jurídico do Ministério Público do Rio Grande do Norte seriam os alvos do servidor público Guilherme Wanderley Lopes da Silva, que na manhã desta sexta-feira (24) atirou contra membros do MP potiguar dentro da sede da entidade, no bairro de Candelária, zona Sul de Natal. Isso é o que revela uma carta deixada por ele na mesa do procurador-geral, Rinaldo Reis, antes de efetuar disparos e atingir dois promotores de Justiça, cumprindo parte do que havia planejado.
"Felizmente, embora tenha atingido dois colegas promotores, o Guilherme não conseguir assassinar nenhum de nós", falou Rinaldo. O procurador-adjunto Jovino Sobrinho e o coordenador jurídico Wendell Beetoven passaram por cirurgias no hopsital Walfredo Gurgel, o maior pronto-socorro do Rio Grande do Norte, e, segundo Rinaldo Reis, têm quadros clínicos estáveis.
Na carta, que era digitada e impressa, Guilherme Lopes faz referência a atos administrativos da atual gestão do Ministério Público. Embora o documento ainda não tenha sido publicizado para não atrapalhar o trabalho da polícia, Rinaldo Reis disse que Guilherme reclamava na carta de uma equiparação salarial entre assessores dentro do MP. Segundo o procurador-geral, o servidor não teve perda salarial com esse ato.
Tiro efetuado por Guilherme Lopes atingiu porta do procurador-geral de Justiça (Foto: Fred Carvalho/G1)
Rinaldo Reis disse ainda que não há na ficha funcional de Guilherme Lopes, até então, nada que desabonasse a conduta profissional dele. "Não tenho a menor ideia do que tenha motivado o servidor a atentar contra nossas vidas. Ele é concursado, servidor efetivo e ainda exerce cargo comissionado no Ministério Púbico. Nunca houve constrangimento na parte administrativa, nunca houve processo disciplinar, nunva foi afastado das funções dele, não há registro de qualquer afastamento por problema psíquico. Era um servidor considerado por todos como normal".
O atentado
O procurador-geral relembrou como foi o momento em que Guilherme Lopes atirou contra os membros do MP: "Estava na minha sala juntamente com outros seis promotores que me auxiliam. Ele entrou, sem ser anunciado, junto com a minha secretária. Mesmo estranhando, não fiz objeção à presença dele. O Guilherme se aproximou, colocou dois papéis na minha mesa e disse: 'Isso é uma recompensa por tudo o que vocês fizeram'. Em seguida, ele puxou a arma e a tirou do coldre. Gritei para todos que ele estava armado e houve uma correria. Ele apontou o revólver em minha direção e atirou, mas errou", relatou Rinaldo.
E continuou: "O promotor Wendell Bettoven, ao se levantar da cadeira onde estava, acabou atingido por um tiro nas costas, caindo ao chão em seguida. Corremos em direção à sala do meu chefe de gabinete. Ele atirou novamente e a bala passou muito perto da minha cabeça. Corremos para a sala do procurador-adjunto, que é anexa. Foi lá que o Guilherme alcançou Jovino, que tentou segurar a mão dele, mas acabou atingido duas vezes no abdómen. Depois disso, sem conseguir saber para onde eu havia ido, o servidor fugiu".
Rinaldo Reis confirmou que, para sair das salas dos membros do MP cruzando com os seguranças, Guilherme gritava que havia um homem atirando atrás. "Foi assim que ele escapou. Mesmo assim, houve troca de tiros no estacionamento. Depois, ele escapou e a informação que temos é que a polícia está em diligência para localizá-lo e prendê-lo", disse.
Demissão
Rinaldo Reis falou que, além de ser investigado criminalmente pelos atentados, Guilherme Lopes também vai responder administrativamente no MP. "Ele tem que responder por esse ato impensado e é muito provável que seja demitido ao final do processo administrativo disciplinar que será aberto", concluiu. Até a publicação desta matéria, a polícia ainda fazia buscas pelo servidor.
Delegado concede entrevista sobre atentado no Ministério Público em Natal (Foto: Fred Carvalho/G1)
Investigação policial
Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (24), o delegado-geral da Polícia Civil, Claiton Pinho, disse que a família do servidor do Ministério Público Guilherme Wanderley Lopes da Silva, que atirou em dois promotores do MP mais cedo, ficou "surpresa e assustada" com o ocorrido. "Segundo eles, não havia indício de que Guilherme poderia atentar contra a vida de alguém”, relatou.
“Eles disseram que ele não era uma pessoa violenta e que não sabiam que ele tinha uma arma”, disse o delegado. Segundo ele, ninguém afirmou saber o motivo do crime, e todos negaram ter entrado em contato com Guilherme.
A investigação, conduzida pelo 5º Distrito Policial, ouviu colegas de trabalho, servidores do MP e familiares, entre eles a mulher do atirador. Equipes da Polícia Civil, da Polícia Militar, do Ministério Público e da Polícia Rodoviária Federal foram mobilizadas e estão à procura de Guilherme.

Fred Carvalho Do G1 RN

DENARC LOCALIZA RESIDÊNCIA QUE SERVIA DE ESCONDERIJO DE CRIMINOSOS NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO EM MOSSORÓ-RN


Através de Denúncias anônimas, a equipe da Delegacia Especializada em Narcóticos “Denarc” de Mossoró, dando conta de que na rua Francisca Marques de Souza, no bairro Santo Antônio em Mossoró, alguns elementos estariam vendendo drogas e guardando produtos de roubo.
O denunciante apontava ainda, que os indivíduos estariam de posse de armas de fogo de grosso calibre, inclusive fuzis.
A equipe da “Denarc” invadiu a residência, mas não encontrou ninguém. Segundo o Delegado dentro da casa os agentes encontraram 01 escopeta calibre 12, com 07 munições intactas, 06 munições calibre 38, 03 munições de fuzil calibre 556, 01 Rádio Comunicador, do tipo HT com carregador, 01 Teclado Yamaha, 07 microfones sem fio, 07 rádios de frequências, 950g de maconha, além de 02 balanças de precisão.
O Câmera

24/03/2017

[VÍDEO] VENDE-SE CASAS PELO MINHA CASA MINHA VIDA NO ALTO DO SUMARÉ EM MOSSORÓ-RN


Bosque dos Pássaros 2.
Prontas para Mora pelo Programa MCMV.
Localizadas por trás da Base da Petrobras.
Casas com 55 m2 de área construída.
Terreno 10 × 15 = 150m2.
Casa com 2/4.
Sala de estar/jantar.
Cozinha americana.
Banheiro social.
Área de serviço.
Garagem.
Valor aparti de R$ 99.990,00.
Financiada pela CEF documentação R$ 3.000,00.
Financiada pelo Banco do Brasil documentação R$ 2.000,00.
Solicite já uma simulação.
Pode ficar até com ZERO de entrada.
Kaio Oliveira Creci 5196-F.
84 9 9971-0817 Whatsapp.
84 9 8788-1202 Whatsapp


FORAGIDO RECEBEU R$ 1,2 MIL PARA MATAR ADOLESCENTE EM APODÍ-RN;" BRIGA DE FACÇÃO",DIZ DELEGADO


A Polícia Civil de Apodi prendeu nesta quinta-feira (23), seis criminosos suspeitos de aterrorizarem a cidade praticando crimes de roubos e até uma tentativa de homicídio no início dessa semana.
Entre os presos está Jeová Júlio Cavalcante Moura, de 23 anos, que é foragido da Penitenciária de Pau dos Ferros. Integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Jeová liderava o grupo. 
Além de responder por crime de roubo, Jeová Júlio é apontado como autor da tentativa de homicídio contra o adolescente na última terça-feira (21) na cidade. 
Segundo o delegado Renato Oliveira, titular da DP de Apodi e responsável pela Divpoe, Jeová tentou matar o adolescente para vingar uma tentativa de homicídio contra Marcos Matheus de Oliveira Moreira, também integrante do PCC, que foi preso nesta quinta (23). 
"O adolescente teria tentado matar um integrante do PCC, e ele (Jeová) tentou matar o adolescente por isso", explicou.
Renato Oliveira explicou que Jeová Júlio recebeu R$ 1,2 mil e drogas para matar o adolescente. "Briga de facção", ressaltou o delegado sobre o crime contra o adolescente. 
Além de Jeová e Marcos Matheus, foram presos Francisco Ferreira de Lima, Crismeriane de Oliveira Melo, Lidiane Karla de Oliveira Lima e Johnatan Vinícius Maia de Oliveira. 
Jeová, Johnatan Vinícius e Marcos Matheus foram autuados por tentativa de homicídio e o restante por associação criminosa.
Com a quadrilha foram apreendidas drogas, arma de fogo e uma balança de precisão. 
Renato Oliveira afirma que continua nas investigações para identificar mais criminosos que vem agindo na cidade.

Mossoró Hoje

DOCUMENTOS TOMADO DE ASSALTO EM MOSSORÓ.


Joseilton de Souza Rodrigues Flor, teve todos seus documentos tomado de assalto ontem à noite e gratifica quem tiver encontrado. Telefone para contato. (084) 994563133.

[VÍDEO] DHPP APRESENTA DOIS PARTICIPANTES DA CHACINA EM MOSSORÓ.


No final da matéria vídeo onde o Dr. Denis Carvalho e o Dr. Rafael Arraes falam sobre o caso.
O delegado Regional Dr. Denis Carvalho e o titular da DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa) Dr. Rafael Arraes em Mossoró,  apresentaram em uma coletiva de imprensa na sede do órgão no centro da cidade, na  tarde desta sexta feira 24 março 2017, dois acusados de terem participado da chacina no bairro Boa Vista em Mossoró, no último dia 11, do corrente mês. O crime brutal chocou a população de Mossoró e foi matéria de nível nacional (RELEMBRE).
Segundo os delegados, era importante dá uma resposta imediata a população com relação a este caso, que ficou marcado na cidade. “Tivemos total apoio da Secretaria de Segurança do Estado do Rio Grande do Norte, que nos deu suporte total para chegarmos aos autores” frisou Dr. Rafael Arraes.
Os dois presos confessaram a participação na chacina, porém não quiseram falar com a imprensa. De acordo com as autoridades, uma terceira pessoa já foi identificada, porém não quiseram falar o nome para não atrapalhar as investigações que ainda estão em andamento.
“Temos informações que pelo menos quatro pessoas participaram, mas não descartamos uma quinta pessoa”. Informou o delegado. Segundo ele, a motivação seria apenas uma rixa entre as facções criminosas, do PCC, e Sindicato do Crime.
Segundo o delegado, apenas o Eduardo Nunes, seria o alvo. As outras pessoas foram vítimas de bala perdida. “A festa era do PCC, e o Sindicato do Crime, foi lá para matar um integrante, na tentativa de diminuir a facção PCC.
As outras pessoas foram vítimas por estarem no lugar errado, e na hora errada. O alvo era apenas o Eduardo. A menina não era especificamente o alvo como se especulou. e como aponta as investigações, e os relatos dos acusados. Ela apenas namorava um integrante do PCC que não estava no local”.
De acordo com o delegado, um fuzil utilizado na ação foi devolvido para Natal após o crime.
“O Felipe Martins dos Santos (de vermelho) veio de Parnamirim em Janeiro para Mossoró. Ele alugou a casa somente para guardar as coisas, ou seja, os coletes, as armas etc...
Ele foi preso hoje na área do Santo Antônio, armado com esse revólver. Francisco Josenilton da Silva, esse de Mossoró, foi preso em uma operação no último dia 22 de março em Mossoró (RELEMBRE).
Estamos dando continuidade às investigações e vamos chegar aos demais autores deste crime bárbaro.
Não houve denúncia anônima. Segundo Dr. Denis Carvalho, nesse tipo de crime ninguém informa nada.
Nosso serviço de inteligência conseguiu chegar aos dois, e vamos com toda certeza chegar aos demais participantes. Se foram quatro temos dois presos e um identificado. Se for cinco vamos chegar a os dois restantes.  A motivação foi apenas briga de facções e as ordens partiram da capital. Tentamos tirar no depoimento deles os mandantes, porém por segurança eles não falam nada. Finaliza.


JÚNIOR'S BAR INFORMA. ABRIREMOS NESTA SEXTA, SÁBADO E DOMINGO.


O Bar mais badalado de Mossoró "Junior's Bar" está funcionando a todo vapor após festas de fim de ano,  abrindo normalmente às sextas, sábados e domingos. Funcionando com lanchonete interna e servindo a cerveja mais gelada de Mossoró. Venha conferir.

MPRN DIVULGA IMAGEM DE SERVIDOR QUE ATIROU EM PROCURADOR E PROMOTOR


Disparos foram feitos nesta sexta (24) dentro da sede do Ministério Público.Jovino Sobrinho e Wendell Beetoven foram socorridos; suspeito é procurado.
Guilherme Wanderley Lopes da Silva, de 44 anos, é procurado pela polícia (Foto: MP/Divulgação)
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) divulgou imagens do servidor Guilherme Wanderley Lopes da Silva, de 44 anos, apontado como suspeito de ter atirado no procurador-geral adjunto de Justiça do estado Jovino Pereira Sobrinho e no promotor público Wendell Beetoven Ribeiro Agra. Ambos foram socorridos e passam por procedimentos cirúrgicos. O servidor fugiu e é procurado pela polícia. 
Os disparos foram feitos no final da manhã desta sexta-feira (24) dentro da sede do Ministério Público do Estado, que fica no bairro de Candelária, Zona Sul de Natal. Ainda segundo o MP, Guilherme invadiu uma reunião no segundo andar do prédio e fez os disparos.
Saiba mais 
Procurador-geral adjunto do RN e promotor são baleados em Natal
Depois, o servidor saiu em um automóvel Polo de cor prata. Na fuga, ele também disparou a arma no estacionamento. Pelo menos cinco tiros foram ouvidos, mas não houve novos feridos.
Nem o Ministério Público nem a Polícia Militar sabem explicar o que pode ter motivado o ataque.
Ambulâncias do SAMU foi chamada para socorridos os feridos (Foto: Fred Carvalho)
Feridos
Segundo o MP, o procurador adjunto, que foi atingido duas vezes no abdômen, foi levado para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Ele está no Centro Cirúrgico.
Já o promotor Wendell Beetoven, que foi baleado nas costas, recebeu os primeiros atendimentos ainda no local, mas também já foi levado para o hospital.
Beetoven, que durante muitos anos atuou na Promotoria de Investigação Criminal e Combate ao Controle Externo da Atividade Policial, atualmente estava lotado na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, atuando como coordenador jurídico.
Investigação
Delegado do 5º Distrito Policial, René Lopes disse ao G1 que vai iniciar as investigações ouvindo testemunhas. “O local foi preservado e a equipe do Itep [Instituto Técnico-Científico de Polícia] vai trabalhar no local”, relatou.
Ainda de acordo com o delegado, o servidor usou um revólver, mas ainda não há informações se ele teria porte ou posse de arma de fogo

Do G1-RN

JOVEM É MORTO A TIROS APÓS SAIR DE DELEGACIA EM BARAÚNA-RN


A Polícia Militar da cidade de Baraúna,que fica localizada na região oeste do Rio Grande do Norte registrou um crime de homicídio provocado por disparos de arma de fogo no início da tarde desta sexta feira 24 de março de 2017.
Segundo informações,um jovem identificado até o momento como “Merson” foi morto na Rua Francisca Alvas, a conhecida rua dos Cabarés.
"Merson", que estava sendo investigado pelos crimes de tráfico de drogas e homicídios na cidade, tinha acabado de sair da Delegacia, onde teria vindo prestar depoimentos. Ele foi surpreendido e morto antes de chegar em casa.
Em instantes mais informações.

NOME NOME

PROCURADOR-GERAL ADJUNTO DO RN E PROMOTOR SÃO BALEADOS EM NATAL


Disparos foram feitos nesta sexta (24) dentro da sede do Ministério Público. Jovino Pereira Sobrinho e Wendell Beetoven foram socorridos.
Ambulâncias do SAMU foi chamada para socorridos os feridos (Foto: Fred Carvalho)
O procurador-geral adjunto do Rio Grande do Norte Jovino Pereira Sobrinho e o promotor de Justiça Wendell Beetoven Ribeiro Agra foram baleados na manhã desta sexta-feira (24) dentro da sede do Ministério Público do Estado. Ambos foram socorridos. Ninguém foi preso.
De acordo com a Polícia Militar, o atirador é o servidor Guilherme Wanderley Lopes da Silva, de 44 anos, que invadiu uma reunião no segundo andar do prédio e efetuou os disparos.
O fato aconteceu por volta das 11h30. Logo em seguida, o suspeito fugiu em um automóvel Polo de cor prata. A sede do Ministério Público fica no bairro de Candelária, Zona Sul de Natal.
Nem o Ministério Público nem a Polícia Militar sabem explicar o que teria motivado o atentado.
O promotor Wendell Beetoven, que durante muitos anos atuou na Promotoria de Investigação Criminal e Combate ao Controle Externo da Atividade Policial, atualmente estava lotado no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Feridos
Segundo o MP, o procurador adjunto, que foi atingido duas vezes no abdômen, foi levado para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Ele já deu entrada no Centro Cirúrgico. Já o promotor Wendell Beetoven, que foi baleado nas costas, recebeu os primeiros atendimentos ainda no local, mas também já foi levado para o hospital.
Na fuga, o suspeito também efetuou disparos no estacionamento. Pelo menos cinco tiros foram ouvidos, mas não houve novos feridos.
A PM fez buscas pela região, mas não encontrou o servidor.

Investigação
Delegado do 5º Distrito Policial, René Lopes disse que vai iniciar as investigações ouvindo testemunhas. “O local foi preservado e a equipe do Itep (Instituto Técnico-Científico de Polícia) vai trabalhar no local”, relatou. Ainda de acordo com o delegado, o servidor usou um revólver, mas ainda não há informações se ele teria porte ou posse de arma de fogo.
PMs e seguranças do MP fazem buscas pelo servidor, que fugiu após os disparos (Foto: Fred Carvalho/)
DO G1-RN

CONSIDERADO UM DOS MAIORES LADRÕES DE BOTIJÕES DE GÁS EM MOSSORÓ É PRESO PELA PM


Policiais Militares da Radio Patrulha 1201,composta pelo Cabo Cláudio e o Sd Juvino se encontravam em patrulhamento de rotina na manhã desta sexta feira 24 de março de 2017, na área do Rincão em Mossoró no Rio Grande do Norte quando se depararam com um indivíduo em atitude suspeita com um botijão de gás.
Foi feita uma abordagem e ao levantar a ficha do elemento foi constatado que se tratava de Eduardo Firmino da Silva 32 anos de idade,que já é velho conhecido da polícia por repetidas práticas de furto de botijões em residências na área do Conjunto Vingt Rosado e adjacências.
Eduardo Firmino que estava no regime semi-aberto por este mesmo tipo de crime foi conduzido para a Delegacia Especial de Furtos e Roubos,e apresentado a autoridade policial para os procedimentos cabíveis.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO NOS PAREDÕES EM MOSSORÓ.


O COPOM Mossoró registrou por volta das 8:50hs desta sexta feira 24 março 2017, uma tentativa de homicídio na rua Alexandre Baraúna no bairro Paredões em Mossoró. Segundo informações do Cabo Manoel da viatura Ronda-01, a vítima foi atingida com um disparo na altura do peito e estava consciente. Ao ligarem para o SAMU foram informados que no momento não existia ambulância para socorrer o mesmo, pois as macas estavam retidas no HRTM. Problema esse que se repete a cada dia. Enquanto isso a população fica desamparada. Os policiais não tiveram outra alternativa, a não ser levar a vítima para a UPA do Santo Antônio para os primeiros socorros. Em seguida quando tiver uma ambulância disponível ele deverá ser transferido para o HRTM. A vítima Adonias Júnior Fernando Pessoa, de 25 anos de idades, residente na rua Pedro Segundo, nas proximidades de onde foi baleado, informou aos policiais que caminhava pela rua e um indivíduo sozinho passou em uma moto e atirou nele várias vezes, somente um atingiu o mesmo, que não soube ou não quis revelar quem foi ou a motivação.
Adonias já puxou cadeia, acusado de ferir cinco pessoas a bala durante um atentado na Cobal, ocorrido em maio de 2014. Ele teria ido matar um desafeto e acabou baleando várias pessoas, mas foi preso em flagrante. (RELEMBRE O CASO)




Fotos Marcelino Neto - O Câmera

FAÇA O SEGURO DO SEU VEÍCULO


Ter o veículo levado de forma criminosa é uma situação amedrontadora e revoltante. Milhares de pessoas ao redor do mundo vivenciam momentos desse tipo diariamente. Na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, o cenário não é diferente. Roubos e furtos de carros e motos são frequentes em Mossoró e a recorrência desse tipo de delito deixa a população assustada. 
O uso dos veículos levados para a prática de outros crimes como assaltos, homicídios, ou até mesmo para fugas, é apontado como uma das principais motivações do roubo e/ou furto de carros e motos.
Um dos motivos apontados pelas autoridades de segurança pública para o aumento do número de roubos de veículos é o crescimento da frota veicular. 
Um levantamento divulgado no final pelo setor de Estatísticas do Detran deu conta de que a frota de veículos no RN tinha crescido quatro vezes mais que a população potiguar.
"Não faça parte dessa estatística e faça o seguro do seu veículo".

INDIVÍDUO É PRESO PELA PM APÓS PRATICAR ASSALTO NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO EM MOSSORÓ-RN


Edilson Silva de Oliveira, 20 anos, residente na Rua Nova Descoberta, no bairro Santo Antônio, foi preso no final da tarde desta quinta feira 23 de março, após roubar uma aliança de um popular. 
Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito, fazendo gestos de que estaria armado, se aproximou de um cidadão que caminhava na Rua João Cordeiro próximo a Bola Lanches e anunciou o assalto, levando a aliança da vítima. 
Após a ação criminosa, o indivíduo figiu em uma motoneta Traxx de cor preta, sentido Centro da cidade e ao se aproximar do Vuco-Vuco, na Juvenal Lamartine se deparou com uma blitz do Esquadrão Águia da Polícia Rodoviária Estadual. 
Ao avistar a barreira tentou retornar, mas foi perseguido e detido. Neste momento, a Central de Operações da PM (COPOM) passava informações sobre o assalto na João Cordeiro e as características do suspeito eram as mesmas do indivíduo que estava detido. 
Depois de uma conversa, Edilson acabou confessando o roubo e entregando o objeto subtraído da vítima. Eles foi conduzido à Delegacia de Furtos e Roubos, onde foi autuado no artigo 157 e encaminhado a Cadeia Pública. Edilson Silva já tem passagem pelo sistema prisional de Mossoró, pelo mesmo crime.

23/03/2017

GRAVE COLISÃO ENVOLVENDO MOTO E CAMINHÃO NA BR 304 EM MOSSORÓ-RN


A Polícia Rodoviária Federal registrou por volta das 18:20hs desta quinta feira 23 de março de 2017,uma grave colisão envolvendo moto e caminhão em frente a Base da Petrobrás em Mossoró no Rio Grande do Norte.
O condutor da moto que não temos a identificação seguia sentido Natal/Fortaleza quando perdeu o controle da motocicleta batendo na lateral do pneu de um caminhão que seguia no mesmo sentido deixando a moto totalmente destruída.
Uma ambulância ALFA com suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192),foi acionada e socorreu o ferido para o Hospital Tarcísio Maia.Não temos informações sobre o estado de saúde da vítima.



MOTO TOMADA DE ASSALTO RECOMPENSA QUEM SOUBER O PARADEIRO.


Essa moto foi tomada de assalto no dia 06 março de 2017, na BR 405, após o Formo Velho. Além da moto BIZ de cor rosa e placa NNZ-2447, os elementos levaram dois aparelhos celulares. Quem souber o paradeiro, favor entrar em contato nos telefones. (84)9 9179-3094 , 98811-0572, 99834-8729, ou para o 190. falar com Ricardo ou Viviane, Obrigado pela atenção...Recompensa pra quem encontrar.