NOME NOME NOME NOME NOME NOME NOME

11/12/2023

CASO ELIEL: TRIO ACUSADO DE MATAR ADVOGADO EM MOSSORÓ VAI A JURI POPULAR EM NATAL NESTA TERÇA (12)




O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) marcou para terça-feira (12), em Natal, o júri popular dos três acusados pela morte do advogado Eliel Ferreira Cavalcante Júnior, de 25 anos, assassinado no dia 9 de abril do ano passado em Mossoró, no Oeste potiguar. (RELEMBRE)
“Esperamos que eles paguem pelo crime que cometeram”, disse o pai da vítima.
Em conversa com a reportagem do g1 RN, Eliel Cavalcante, pai da vítima, afirma que desde o crime a família tem passado por inúmeros transtornos e aguarda pelo encerramento do processo.
“Neste período de um ano e oito meses nossa família tem passado por momentos muito difíceis, inclusive mudamos de cidade para tentar um ambiente diferente. Voltar ao que era antes não volta mais, esperamos que com o julgamento essa dor seja amenizada”, disse.
Na noite de 9 de abril de 2022, Eliel Cavalcante Júnior morreu após ser vítima de pelo menos nove disparos de arma de fogo. Ele estava conversando com seu namorado, Lucas Emanoel Pereira, na calçada do condomínio em que Lucas morava no bairro Boa Vista, em Mossoró.
Após a conclusão do inquérito policial, o Ministério Público do RN apresentou denúncia contra Ialamy Gonzaga, Francisco de Assis Ferreira da Silva e Josemberg Alexandre da Silva pelo homicídio qualificado contra Eliel Júnior e a tentativa de homicídio qualificado contra Lucas Emanoel. Entre os qualificadores, o meio que dificultou a defesa da vítima e o motivo torpe.
“A forma como esse processo tem se arrastado é muito tenso, muito deprimente. Minha família chora todos os dias, minha esposa, minha filha e eu precisamos passar por acompanhamento psicológico. A nossa expectativa é que, com os réus condenados, a nossa ansiedade possa ser um pouco aliviada”, disse o pai da vítima.
O g1 RN tentou contato com Lucas Emanoel, vítima da tentativa de homicídio, mas foi informado por seu advogado que ele não concede entrevistas, em razão de estresse pós-traumático.
Mudança de local
Em julho deste ano, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte decidiu, por unanimidade, transferir o júri popular dos três acusados pela morte de Eliel Júnior e pela tentativa contra Lucas Emanoel, da comarca de Mossoró, cidade onde aconteceu o crime, para a comarca de Natal.


comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

class='tabs-widget-content tabs-widget-content-widget-themater_tabs-1432447472-id' id='widget-themater_tabs-1432447472-id2'>

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se