NOME NOME NOME NOME

12/08/2021

ACUSADO DE HOMICÍDIO E TENTATIVA DE HOMICÍDIO É ABSOLVIDO EM JÚRI POPULAR REALIZADO NA CIDADE DE MOSSORÓ-RN





Na manhã de quarta-feira, 12 de agosto de 2021, aconteceu a 13ª Sessão de Julgamento da 1ª Reunião Ordinária do corrente ano, presidido pelo Senhor Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró, onde foi a julgamento o réu preso Francisco José Andrade da Silva, 57 anos.
Ele era acusado de um crime de homicídio na forma tentada e de um crime de homicídio da forma consumada, por motivo fútil, fazendo uso de uma faca, tentou matar Alaine Cristina Alves e sua filha em gestação, não consumando o fato por circunstancias alheias a sua vontade, mais matou seu companheiro Márcio das Chagas Prestes , mais conhecido como "Cabeludo", que foi ferido com um golpe de faca, vindo a óbito em poucas horas no HRTM. Fato ocorrido por volta das 17h30min, do dia 25 de outubro de 2020, na Rua Rodrigues Alves no Bairro Santo Antônio na Zona Norte da Cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte. (RELEMBRE)
O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte foi representado neste julgamento pelo Promotor de Justiça Dr. Eduardo Medeiros Cavalcante e na defesa o Advogado Dr. Jerônimo Azevedo Bolão Neto. 
No final dos debates nos tempos normais, entre Ministério Público e Defesa, o Conselho de Sentença representado por sete membros da sociedade mossorense, por sua maioria resolveu absolver réu acatando a tese de legítima defesa. 
O juiz presidente do Tribunal do Júri Popular o Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, leu a sentença de absolvição do réu preso Francisco José Andrade da Silva, ao final da 13º Sessão de Julgamento.


NOME

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se