NOME NOME NOME NOME

23/12/2020

'OPERAÇÃO NATAL COM JUSTIÇA' DA POLÍCIA CIVIL PRENDE SETE PESSOAS EM MOSSORÓ E NATAL




Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da 2ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Mossoró, deflagraram, nesta terça-feira (22), a Operação “Natal com Justiça”. A ação resultou na prisão de sete pessoas pela suspeita de integrar uma organização criminosa voltada à prática de tráfico de drogas, roubos e homicídios. As prisões aconteceram em cumprimento a mandados de prisão preventiva, nos municípios de Natal e Mossoró, onde eles concentravam a atuação criminosa. 

Durante a ação, foram detidos: Carlos Alexandre Martins Salviano, conhecido como “Nem da Abolição”; Lázaro Nascimento de Souza, conhecido como “Bufa”; Márcio Gomes da Silva, conhecido como "Mago Véi"; Erasmo Carlos da Silva, conhecido como “Palmeirense”; Judson Bezerra Araújo Batista, conhecido como “Bebezão”; Walter Linhares dos Santos, conhecido como "Nenenzinho"; e Thiago Marques de Araújo, conhecido como “Nino”.

De acordo com as investigações, a organização criminosa, comandada por "Nem da Abolição”, traficava drogas, financiava roubos e ainda ordenava a morte de seus desafetos. Um dos homicídios atribuídos ao grupo é o da empresária Flávia Magalhães da Rocha, que foi morta dentro de uma farmácia, com cerca de 20 disparos de pistola, no mês de abril deste ano. (RELEMBRE)

Ainda segundo as investigações, o crime teria sido motivado pelo fato de “Nem da Abolição” e sua esposa, Fernanda Bernarmino da Silva, atribuírem suas prisões à vítima. Foi constatado ainda que a esposa de “Nem da Abolição” atualmente estaria foragida da Justiça e comandando o tráfico de drogas no lugar do marido, que se encontra preso. 

As investigações continuam até a identificação e prisão dos demais envolvidos na organização criminosa. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque DEICOR, por meio dos números: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (WhatsApp).

Grupo foi responsável pela morte da empresária Flávia Magalhães, segundo polícia. Crime aconteceu em abril em Mossoró

Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se