NOME NOME NOME NOME NOME NOME

17/11/2020

JURI POPULAR REALIZADO EM MOSSORÓ NO RN CONDENA RÉU A 09 ANOS DE PRISÃO.




Na manhã de terça-feira, 17 de novembro de 2020, em Sessão Ordinária do Tribunal do Júri Popular realizada no plenário do Fórum Desembargador Dr. Silveira Martins, presidido pelo Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, sentando no bando dos réus, CARLOS ALBERTO SALDANHA DA SILVA, 58 anos, servente de pedreiro, morador da Rua Zeca Cirilo no Bairro Barrocas em Mossoró no Estado do Rio Grande do Norte, pela pratica de cinco crimes dentro do Código Penal Brasileiro, contra sua companheira, fato ocorrido no dia 05 de setembro de 2019.

CARLOS ALBERTO foi julgamento pela pratica do delito previsto nos crime de tentativa de homicídio duplamente qualificado, 05 anos de reclusão, violência domestica 08 meses de reclusão, ameaça 02 meses de reclusão, constrangimento 06 meses de reclusão e multa a família, porte ilegal de arma de fogo 02 anos e 08 meses de reclusão e multa.  

A sessão foi presidida pelo Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, tendo como acusação o Ministério Público Estadual representado pela promotora de justiça Erica Veríssima Canuto de Oliveira Veras e na defesa do réu atuou o advogado, José Adrikson Holanda Alves.

O Conselho de Sentença representado por sete membros da sociedade por maioria acompanhou a tese do Ministério Público, votando pela condenação do réu pelos crimes acima mencionado contra sua companheira, o juiz presidente do tribunal do júri Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, leu o relatório final do julgamento, anunciado a sentença condenatória de 09 anos de prisão em desfavor do réu CARLOS ALBERTO SALDANHA DA SILVA.

NOME



comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se