NOME NOME NOME NOME NOME

18/06/2019

ADOLESCENTE APREENDIDO POR MATAR GRÁVIDA E UMA CRIANÇA DE 4 MESES NO RN



Maiara Maria da Silva, grávida de 4 meses, e a filha Lara Emily, 4 anos, foram assassinadas na madrugada do dia 2 de junho em Nísia Floresta
Um adolescente de 16 anos foi apreendido na segunda-feira (17) pela Delegacia de Nísia Floresta, Região Metropolitana de Natal, suspeito de assassinar uma criança de 4 anos, Lara Emily da Silva Lima, e mãe dela Maiara Maria da Silva, que estava grávida de 4 meses.
O crime aconteceu na madrugada do dia 2 de junho entre os distritos de Golandim e Currais, em Nísia Floresta. Maiara seguia de bicicleta com o marido, Leonardo Carneiro da Silva, e a filha, quando foram surpreendidos pelos criminosos.
Leonardo Carneiro também foi baleado, mas foi socorrido para o Hospital Walfredo Gurgel. De acordo com a polícia, ele seria o alvo do atentado.
O adolescente foi apreendido no bairro de Bom Pastor, na Zona Oeste de Natal, quando estava escondido na casa da irmã dele, após os policiais civis checarem uma denúncia anônima. Ao ser ouvido na delegacia, o adolescente informou que o motivo do ato infracional teria sido um desentendimento anterior com a vítima Leonardo. Ele alegou ainda que não teve a intenção de matar a criança e a mãe, e que as atingiu acidentalmente, devido à escuridão do local
Leia também:
De acordo com as investigações, um homem identificado como Luciano Serafim do Nascimento, que está foragido, teria ajudado o adolescente a matar as vítimas. Os pais de Maiara relataram que já vinham alertando a filha para o perigo das companhias e no que isso poderia resultar. “Isso aí é um exemplo que o jovem tem que escutar o conselho dos pais. Quando entra nesse lado aí, ou é cadeia, ou cemitério”, disse José Modesto, pai de Maiara.

OP9

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.