NOME NOME NOME NOME NOME

06/06/2024

JUSTIÇA MANDA SOLTAR EMPRESÁRIO PRESO NO AEROPORTO DE MOSSORÓ




A juíza Ruth Araújo Viana, da Comarca de Almino Afonso-RN, determinou que o empresário Gildercio dos Santos Cortez, de 38 anos, residente no Estado de Santa Catarina (SC) e que é natural de Rafael Godeiro-RN, fosse posto em liberdade na tarde desta quinta-feira, 6.
Zé da Pedra, com é mais conhecido Gildercio dos Santos Cortez, havia sido preso pela Polícia Federal ao desembarcar no Aeroporto Dix Sept Rosado, em Mossoró-RN. Havia embarcado em São Paulo e, de Mossoró, pretendia ir visitar a avó, em Rafael Godeiro.
Zé da Pedra teve a prisão preventiva decretada em maio de 2020, após a Polícia descobrir uma enorme plantação de maconha numa fazenda em Olho D’Água do Borges-RN.
Veja mais

Nesta investigação, os policiais encontraram nos celulares dos suspeitos presos em flagrante mensagens cobrando uma dívida de R$ 3 mil reais de uma pessoa de nome “Gildercio”. Com base neste fato e na ausência do suspeito, a justiça decretou a prisão preventiva.
Com o mandato de busca em aberto, a Polícia Federal tomou conhecimento do deslocamento do investigado Zé da Pedra de São Paulo com destino a Mossoró e o prendeu ao desembarcar na capital do Oeste. Foi levado para a Cadeia Pública, onde ficou preso menos de 24 horas.
Empresário
Em Santa Catarina, Gildercio Cortez é proprietário de um restaurante de frutos do mar. Segundo o advogado Alexandro Marques, que o defende, tudo não passou de um imbróglio jurídico, já devidamente resolvido por seu escritório, restabelecendo a liberdade do Gildercio.

MH

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se