NOME NOME NOME NOME NOME

28/05/2024

MÃE ACUSADA DE TORTURAR FILHA DE 2 ANOS EM MOSSORÓ TEM LIBERDADE NEGADA EM AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA




O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve na Justiça a conversão da prisão em flagrante para prisão preventiva de Francisca Jacqueline da Silva, acusada torturar fisicamente a própria filha de dois anos de idade, caso ocorrido no último (26), na Comunidade da Maisa, zona rural de Mossoró.
O pedido foi feito durante a audiência de custódia na segunda-feira (27), sendo homologado pelo judiciário. Com a decisão da justiça acusada permanecerá presa preventivamente na Penitenciária Feminina Dr. Mário Negócio em Mossoró.
Durante a audiência de custódia, o Ministério Público questionou que a materialidade do crime estava presente diante do flagrante e de vídeo mostrando as agressões sofridas pela criança. Além disso, foi apontado ainda a necessidade da garantia da ordem pública, tendo considerado o contexto em que a violência foi praticada.
A promotoria apontou ainda a necessidade da prisão para preservar a instrução criminal, considerando que a mãe, caso solta, pudesse interferir no depoimento dos filhos e companheiro. De acordo com a decisão judicial, a periculosidade da acusada está “apontada pela gravidade acentuada de sua conduta, pois se tratou agressões repetidas cometidas pela autuada contra a vítima, seu filho menor que estava sob sua guarda”.
A decisão registra ainda que a mulher estava, na hora do crime, “visivelmente embriagada”, situação essa que põe em risco a própria vítima e os demais menores presentes no convívio familiar. O modo como o crime é cometido constitui elemento capaz de demonstrar o risco social, o que justifica a decretação da prisão preventiva para garantia da ordem pública.

Texto/fimdalinha

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se