NOME NOME NOME NOME NOME

22/05/2024

ACUSADO DE MATAR O CUNHADO EM MOSSORÓ É CONDENADO A 15 ANOS DE PRISÃO EM REGIME FECHADO




O Tribunal do Juri Popular da Comarca de Mossoró, condenou nesta terça feira 21 de maio de 2024, o réu Francisco de Assis Sobrinho, 34 anos, residente na Comunidade rural de Passagem de Pedras. A pena imposta a ele pela justiça foi de 15 anos, 7 meses e 15 dias de prisão.
De Assis foi julgado por matar o marido de sua irmã, o vigilante Kerginaldo Carlos de Oliveira, que tinha 29 anos quando foi morto no dia 24 de novembro de 2022.
A vítima estava de serviço em um posto combustíveis, na Rua João da Escócia no Bairro Nova Betânia, quando foi assassinado pelo cunhado com um tiro nas costas. (RELEMBRE)
Os advogados Diego Felipe Nunes e Pedrina Moniele Vieira Cardoso, que defenderam o réu, não convenceram os jurados para sua absolvição. Os sete membros do corpo de jurados, que representam a sociedade mossoroense acataram a tese levantado pelo Ministério Público de homicídio qualificado e votaram pela condenação de Francisco De Assis.


Fimdalinha

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se