NOME NOME NOME NOME NOME NOME

20/11/2023

ADOLESCENTE BALEADA DURANTE ATENTADO EM JUCURUTU ACORDOU E SEGUE INTERNADA; RELEMBRE CRIME




A estudante Yasmin Januário da Silva, de 15 anos, que foi baleada durante um atentado em Jucurutu, continua internada no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. O crime aconteceu no dia 2 de novembro deste ano e, desde então, ela segue na unidade hospitalar. Segundo o irmão dela, Egnaldo Machado, a bala está alojada na cabeça.
“No momento, passou para uma gente que não era viável, pois se encontrava em uma região profunda e era muito delicada, poderia piorar a situação”, comentou o homem sobre a retirada da bala.
Logo no segundo dia de internação, a família chegou a ser desenganada pela equipe médica sobre a recuperação da jovem. No entanto, com o passar do tratamento, Yasmin foi dando sinais de melhora. O irmão contou à reportagem da TV Tropical sobre a evolução.
"Ela acordou, conversa com a gente. Não fala verbalmente, mas por gestos e consegue se manifestar", destacou.
O irmão explicou ainda que, mesmo com a evolução, o processo de recuperação é lento. Ela precisa usar fralda e vai ter a necessidade de fisioterapia. Ele contou que a família não tem condições de arcar com todos os gastos. Ele pediu orações e ajuda financeira.
"Para cuidar dos parentes que estão acompanhando aqui e para a recuperação dela. Vai precisar de fisioterapia, acompanhamento com fonoaudióloga, fraldas, lençóis umedecidos, sabonetes. O pessoal está ajudando com batinhas, lençóis. Eu agradeço, em nome da família, a todos que já doaram. Graças a Deus, ela vai se recuperar dessa", disse.
O crime aconteceu no último dia 2 de novembro. Em um momento de fúria e por causa de uma suposta dívida, o suspeito foi na casa de uma mulher para matá-la. 
Ao chegar no local, o alvo conseguiu escapar. No entanto, Yasmin e a mãe dela acabaram sendo baleadas. Um adolescente foi atingido por cinco disparos. Edcarla Maria da Silva, de 42 anos, foi baleada duas vezes. O suspeito foi preso pela Polícia Militar. (RELEMBRE)
Informações sobre ajuda podem ser obtidas pelo telefone: (84) 99880-3068.A estudante Yasmin Januário da Silva, de 15 anos, que foi baleada durante um atentado em Jucurutu, continua internada no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. O crime aconteceu no dia 2 de novembro deste ano e, desde então, ela segue na unidade hospitalar. Segundo o irmão dela, Egnaldo Machado, a bala está alojada na cabeça.
“No momento, passou para uma gente que não era viável, pois se encontrava em uma região profunda e era muito delicada, poderia piorar a situação”, comentou o homem sobre a retirada da bala.
Logo no segundo dia de internação, a família chegou a ser desenganada pela equipe médica sobre a recuperação da jovem. No entanto, com o passar do tratamento, Yasmin foi dando sinais de melhora. O irmão contou à reportagem da TV Tropical sobre a evolução.
"Ela acordou, conversa com a gente. Não fala verbalmente, mas por gestos e consegue se manifestar", destacou.
O irmão explicou ainda que, mesmo com a evolução, o processo de recuperação é lento. Ela precisa usar fralda e vai ter a necessidade de fisioterapia. Ele contou que a família não tem condições de arcar com todos os gastos. Ele pediu orações e ajuda financeira.
"Para cuidar dos parentes que estão acompanhando aqui e para a recuperação dela. Vai precisar de fisioterapia, acompanhamento com fonoaudióloga, fraldas, lençóis umedecidos, sabonetes. O pessoal está ajudando com batinhas, lençóis. Eu agradeço, em nome da família, a todos que já doaram. Graças a Deus, ela vai se recuperar dessa", disse.
O crime aconteceu no último dia 2 de novembro. Em um momento de fúria e por causa de uma suposta dívida, o suspeito foi na casa de uma mulher para matá-la. Ao chegar no local, o alvo conseguiu escapar. No entanto, Yasmin e a mãe dela acabaram sendo baleadas. Um adolescente foi atingido por cinco disparos. Edcarla Maria da Silva, de 42 anos, foi baleada duas vezes. O suspeito foi preso pela Polícia Militar.
Informações sobre ajuda podem ser obtidas pelo telefone: (84) 99880-3068.

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

class='tabs-widget-content tabs-widget-content-widget-themater_tabs-1432447472-id' id='widget-themater_tabs-1432447472-id2'>

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se