NOME NOME NOME NOME NOME

30/06/2023

SARGENTO DA ROCAM CAI EM EMBOSCADA E É MORTO A TIROS EM NATAL-RN




Um policial militar foi morto a tiros no início da tarde desta sexta-feira (30) no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. O crime aconteceu por volta das 12h na Rua Santa Isabel.
A vítima foi o 3º sargento João Victor Serafim Ramos
Segundo a polícia, João Victor estava em uma motocicleta, quando foi atingido pelos disparos e caiu na frente de uma casa.
A suspeita é de que o crime tenha sido cometido por dois bandidos, que fugiram após o homicídio.
Segundo o delegado Rysklyft Factore, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a possibilidade investigada é de que o crime foi premeditado e que o policial tenha sido chamado até o local para ser executado.
O sargento iria encontrar uma família e foi alvejado. A participação da família, no entanto, ainda não é confirmada.
''É tudo muito preliminar. Nós não podemos confirmar essa tese. Mas que os meliantes já estavam no aguardo da vítima, isso a gente pode adiantar", disse.
A vítima tinha contato com a família e por isso foi encontrá-la. Uma das possibilidades que será investigadas é de que a família tenha sido forçada pelos bandidos a chamar o policial. "A família alega que foi feita refém, mas está muito assustada e não quis passar mais informações", disse o delegado.
Várias viaturas da Polícia Militar foram deslocadas ao local, além de equipes da Polícia Civil e do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), que deram início às investigações. O helicóptero Potiguar I, da Secretaria de Segurança Pública, também fez buscas na região.
PM e Sesed lamentam mortes
O 3º sargento João Victor Serafim Ramos ingressou na Polícia Militar em 2004 e atualmente ingressava o quadro da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam).
Em nota, o Comando Geral da PM disse que se "solidariza com os familiares e amigos deste honrado profissional de segurança pública, externando nossos sentimentos de mais profundo pesar" e que "empreenderá todos os esforços para identificar e prender os criminosos".
A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), também em nota, lamentou morte do policial e disse que "todas as forças de segurança que atuam no Estado estão empenhadas em identificar, localizar e entregar ao Poder Judiciário os envolvidos no ato criminoso em questão".
"Para não comprometer o trabalho investigativo já iniciado pela Polícia Civil, não é possível, neste momento, dar detalhes sobre autoria e/ou motivação", completou a nota.

g1rn

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se