NOME NOME NOME NOME NOME

20/10/2022

ACUSADO DE HOMICÍDIO É CONDENADO A 12 ANOS NO REGIME FECHADO EM JURI POPULAR REALIZADO EM MOSSORÓ-RN




Na manhã de quinta-feira, 20 de outubro de 2022, foi realizada a 4ª Sessão de Julgamento da 3ª Reunião Ordinário do corrente ano, do Tribunal do Júri Popular realizado no Plenário do Fórum Municipal Desembargador Dr. Silveira Martins, situado a Rua das Carnaubeiras no Bairro Costa e Silva em Mossoró no Rio Grande do Norte, presidido pelo Juiz de Direito Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, onde foi julgado o réu preso Erivagner Lucas Martins da Silva, pelo crime de homicídio consumado por motivo torpe contra Vinícius Emerson Silva.
O crime ocorreu por volta da 17h40min do dia 22 de fevereiro de 2022, na via pública da Rua Chico de Clara nas proximidades do Queiroz do Bairro Alto de São Manoel em Mossoró. (RELEMBRE)
O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, acatou a denuncia que estava nos autos do inquérito policial realizado pela Delegacia de Homicídio de Mossoró, que na data e endereço acima mencionado, a vitima teria sido assassinado a tiros sem chance de defesa pelo acusado.
O julgamento foi presidido pelo Dr. Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, na acusação trabalhou Dr. Armando Lucio Ribeiro representado o Ministério Público do Rio Grande do Norte e na defesa do réu atuou a Defensoria Pública através da defensora pública Dra. Ticiana Doth Rodrigues Alves Medeiros.
Após o depoimento de uma testemunha e do réu no plenário do julgamento, os debates entre acusação e defesa, o Promotor de Justiça levantando sua tese e pedida a condenação do réu por crime de homicídio qualificado por motivo torpe.
A defesa da Defensora Pública Ticiana Doth trabalhou por derrubada das qualificadoras, o conselho de sentença formado por sete membros da sociedade mossorense por sua maioria acompanhou a tese do Ministério Público representado pelo Promotor de Justiça Dr. Armando Lucio Ribeiro, votando pela condenação do réu.
No final do julgamento foi lida a sentença final pelo Juiz Presidente do Tribunal do Júri Popular Dr. Vagnos Kelly por 12 anos de prisão de Erivagner Lucas Martins da Silva, inicialmente no regime fechado.
Erivagner também é acusado de ter matado Isaias de Oliveira Gomes, no dia 30 de março de 2022, bem próximo onde ele cometeu o crime pelo qual foi condenado. (RELEMBRE)


comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se