NOME NOME NOME NOME NOME

23/06/2020

MÃE PROCURA FILHA QUE FOI ENTREGUE RECÉM-NASCIDA PARA ADOÇÃO NO INTERIOR DO RN




Na foto mãe e filho que sonha em conhecer a irmã
Eu me chamo Ilma, e venho aqui contar um pouco da história da busca pela minha filha.  Isso mesmo, tive uma filha no dia 26 de Janeiro de 1996, e devido a muitos motivos pessoais, incluindo situação financeira, fui levada a procurar um caminho menos doloroso para vida dela, doando-a através das mãos do médico que fez o parto, no Hospital Thiago Dias, na cidade de Caicó, Rio Grande do Norte. 
A unica informação que tenho é que o médico supostamente fez a adoção para um família de Matão, São Paulo.
Mas afinal, quais são meus objetivos nessa busca? Eu gostaria de conhece-la, não só eu como minha família, principalmente meu filho que tem 26 anos, que não teve nenhum outro irmão.
"Não tenho interesse em modificar a vida que ela tem, nem em envolve-la em tramites judiciais, é só um desejo de uma mãe que não teve a oportunidade de criar uma filha que saiu de seu ventre, de ve-lâ, saber da sua história... Fazê-la conhecer os motivos que me levaram a procurar um melhor caminho para ela."
Então, peço sua ajuda para compartilhar minha história, porque se ela sabe que é adotada e tem vontade de conhecer sua mãe de sangue, eu estou disposta a conhece-la e abrir meu coração. 
Muito obrigada!

Telefone para contato 84 99972-2011






comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. Teve a oportunidade sim, não criou porque não quis, tem gente que cria 4 ,6 ou até mais filhos e vc dizer q não teve a oportunidade de criar?????. Conta outra .

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.