NOME NOME NOME NOME NOME

24/06/2020

FÁTIMA PARTICIPA PELA 1ª VEZ DE COLETIVA E ATUALIZA Nº DE MORTES POR COVID-19 NO RN: 814




Estado contabiliza 64 novos óbitos desde a atualização desta terça (23). 'Temos que analisar bem essa dicotomia vida-economia. Sem vida, não há economia', diz governadora.
A governadora Fátima Bezerra participou da coletiva da Sesap nesta quarta-feira (24) — Foto: Demis Roussos/Assecom Governo do RN
O Rio Grande do Norte já contabiliza mais de 800 mortes em decorrência da infecção provocada pelo novo coronavírus. São 814 óbitos, segundo a atualização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (24). Pela primeira vez, desde o início da pandemia, a coletiva contou com a participação da governadora Fátima Bezerra (PT).
Ela destacou a forma como tem enfrentado a crise sanitária. "Temos dificuldade de recursos humanos e insumos. Quero reafirmar com o povo do RN nosso esforço e transparência para sair dessa crise. Os recursos que recebemos são utilizados para a instalação e realocação de leitos, contratação de pessoal e aquisição de medicamentos", disse.
A governadora também deu esclarecimentos sobre a prorrogação da abertura das atividades econômicas do estado, prevista anteriormente para esta quarta (24), mas que foi adiada para o dia 1º de julho.
"Seguimos a orientação do Comitê Científico e dos Minsitérios Públicos do Estado. Estamos chegando ao pico da doença e precisamos conter a propagação do vírus. Estados que retomaram a atividade econômica tiveram que recuar, inclusive, com medidas mais drásticas", afirmou.
Fátima disse ainda que se preocupa com a situação econômica do Rio Grande do Norte, mas que é necessário priorizar a vida. Ela explicou que o cumprimento do novo prazo para retomada depende da evolução da crise sanitária.
"Entendo a pressão por parte do setor empresarial, a fim de reabrir o comércio. Também me preocupo com o emprego das pessoas. Mas temos que analisar bem essa dicotomia vida-economia. Sem vida, não há economia. A retomada vai depender da evolução da pandemia", frisou.
Dados
Das 814 mortes, 64 foram confirmadas desde a atualização desta terça-feira (23), quando o estado registrava 750 óbitos. Do total de mortes registradas recentemente, 3 aconteceram nas últimas 24 horas. Há outras 99 em investigação.
Ainda de acordo com a Sesap, o RN tem 21.844 casos confirmados de Covid-19 e 32.240 casos descartados da doença. As regiões com maior importância epidemiológica no estado, ou seja, as que registram maior incidência da infecção, além de maior número de óbitos e internações, são Mossoró (Oeste), Grande Natal e Vale do Assu, nesta ordem.
A Sesap informou que ainda contabiliza as demais informações sobre a situação da pandemia no RN e que esses dados devem ser divulgados ao longo do dia.
Leitos
A taxa de ocupação dos leitos destinados a tratar a Covid-19 no Rio Grande do Norte, está distribuída da seguinte maneira
Região Oeste: 100%
Região do Mato Grande: 100%
Grande Natal: 95,4%
Pau dos Ferros: 83%
Seridó: 96%

Agora-RN





comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. 814 mortes?????? A governadora não tinha falado que seriam 11.000 ( onze mil) mortos no RN? Lamento pelas 814 mortes,mas,pela governadora teriam sido 11.000.
    PT sendo PT.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.