NOME NOME NOME NOME NOME

03/05/2019

ULTRALEVE QUE DESAPARECEU NO LITORAL POTIGUAR ERA ALARME FALSO



Casal estaria na aeronave, que sumiu na manhã desta sexta-feira (3), em Nísia Floresta.
Helicóptero da FAB auxilia nas buscas — Foto: PMRN/Divulgação
Um ultraleve desapareceu na manhã desta sexta-feira (3) no litoral potiguar. De acordo com a Polícia Militar, os ocupantes da aeronave são um casal que costuma fazer passeios na área de Nísia Floresta, na região metropolitana da capital, mas que não retornou.
Como não conseguiram contatos com o casal e a aeronave não teria autonomia para voar tanto tempo, as autoridades de segurança pública foram acionadas.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, que também foi acionado para a região, a decolagem aconteceu por volta das 9h. Buscas são realizadas em uma região de mata no distrito de Tororomba.
Além do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar afirmou que a Força Aérea Brasileira foi informada. Um helicóptero da FAB dá apoio às buscas.
Bombeiros enceram as buscas e concluem que foi alarme falso.
O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas pelo ultraleve que teria desaparecido em Nísia Floresta, na Região Metropolitana de Natal, na manhã desta sexta-feira (3). Os bombeiros acreditam que o fato tenha sido um alarme falso da população. Segundo a assessoria da corporação, desde o final desta manhã as buscas estavam acontecendo no local apontado pela população local, mas nada, nem ninguém foi encontrado. Assim, as equipes foram até a pista de decolagem de onde supostamente o ultraleve teria saído e no local foram informados que as três aeronaves que haviam alçado voo daquele lugar haviam voltado. A investigação foi feita, segundo os bombeiros, em outras pistas da região e em nenhum desses locais foi relatado o sumiço de algum ultraleve. O Corpo de Bombeiros, por esse motivo, acredita que houve um alarme falso da população e confirmou que as buscas, neste momento, estão encerradas. As buscas estavam acontecendo em uma região de mata no distrito de Tororomba, em Nísia Floresta. Além do Corpo de Bombeiros, a Força Aérea Brasileira, com o auxílio de um helicóptero, e a Polícia Militar deram apoio na ação.
Por terra, equipes da PM e Corpo do Bombeiros também participam das buscas pelo ultraleve desaparecido — Foto: PMRN/Divulgação


G1-RN

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.