NOME NOME NOME NOME NOME

19/06/2018

[VÍDEO] EX-POLICIAL MILITAR ACUSADO NA MORTE DA VEREADORA E SEU MOTORISTA NO RIO DE JANEIRO, É TRANSFERIDO PARA O PRESÍDIO FEDERAL EM MOSSORÓ, POR UM AVIÃO DA POLÍCIA FEDERAL.



Pousou por volta das 18:40hs desta terça feira 19 junho 2018, no Aeroporto Dix Sept Rosado em Mossoró, um avião da Polícia Federal vindo do Rio de Janeiro, trazendo sobre ordem judicial, o ex-policial Orlando Oliveira de Araújo, conhecido como "Orlando Curicica", que foi apontado durante investigações e relato de testemunha como chefear milícia em Jacarepaguá RJ, e seria um dos responsáveis pela morte da Vereadora do PSOL Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, caso que repercutiu o Brasil e o Mundo.
Curicica estava preso em Bangu 9, onde cumpria pena de 4 anos por porte ilegal de arma de fogo. Atualmente cumpria pena em Bangu 1 de onde foi transferido para Mossoró.
A defesa do acusado não compreende a transferência acontecer no dia que iria acontecer uma audiência onde o Advogado Renato Darlan teria pedido um habeas corpus.
A defesa informou ainda que acredita que a transferência se deve ao fato de pressionar o ex PM para confessar a participação no assassinato da vereadora e seu motorista. A transferência contou com SOE (Serviço de Operações Especiais) do GIT (Grupamento de Intervenção Tática) da SEAP.


comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. ANDA EM QUE EU ACHO, NAO TENHO CERTEZA, QUE OZAMA BIN LADER TA MORTO, PQ SE NAO ELES IAM MANDAR PRA CA TBM, VOTZZZ, SO MANDAM COISA RUIM,CADE QUE MANDAM EMPRESAS, USINAS, PRA GERAR EMPREGO E RENDA PARA A POPULAÇÃO. E UM PAIZ BOSt@ ESSE VIU.

    ResponderExcluir
  2. Verdade só manda coisa ruim pra ca

    ResponderExcluir
  3. Verdade só manda coisa ruim pra ca

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.