NOME NOME NOME NOME

19/06/2024

PASTORES DE MOSSORÓ CRITICAM ATO DA UERN CONTRA O PL DO ABORTO



Pastores ligados à Associação dos Ministros Evangélicos de Mossoró (AMEM) divulgaram uma nota de repúdio contra a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) por convocar um ato público contra o Projeto de Lei 1904, conhecido como PL do Aborto. O projeto propõe que o aborto realizado após a 22ª semana de gestação seja considerado um crime de homicídio. 
Na visão da AMEM, a convocação da UERN representa um posicionamento político-ideológico favorável ao aborto, algo que, segundo eles, deve ser questionado e não pode se confundir com a estrutura administrativa da universidade.
A nota emitida pela AMEM argumenta que a UERN, ao promover tal ato, está agindo sob a influência de entidades progressistas, deixando de lado a imparcialidade que deveria caracterizar uma instituição pública de ensino. 
Segundo os pastores, a universidade estaria se posicionando politicamente, o que contraria a expectativa de neutralidade acadêmica. A AMEM destaca que a convocação é uma manifestação explícita de apoio ao aborto, desconsiderando outras perspectivas sobre o tema.
Além disso, os pastores salientam que, ao longo dos anos de 2023 e 2024, a UERN não realizou nenhuma convocação pública para debater o tema do aborto de forma ampla e inclusiva, como deveria ser feito em um ambiente universitário. 
As publicações da UERN no Instagram, segundo a AMEM, não refletem uma postura neutra ou um debate aberto sobre o assunto, mas sim uma promoção de um ponto de vista específico, o que foi motivo de crítica por parte da associação evangélica.
A nota de repúdio é assinada pelo pastor Reverendo Yan Pereira Guedes, presidente da AMEM, e pelos demais membros diretores da associação.

Ismael Souza

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se