NOME NOME NOME NOME NOME

10/01/2024

OPERAÇÃO PAZ: AÇÃO DE COMBATE A HOMICÍDIOS ENCERRA ATUAÇÃO NO RN COM 547 PRISÕES




Operação Paz — ação nacional de combate a homicídios — encerrou as ações após quatro meses de atividades. Somente no Rio Grande do Norte, de setembro a dezembro, foram realizadas pelas forças policias 547 prisões. Destas, 108 foram de suspeitos considerados diretamente envolvidos em assassinatos. Os demais, foram detidos em flagrante por circunstâncias do cometimento de outros crimes.
Nos meses de execução da Operação Paz, o Rio Grande do Norte registrou uma redução de 23% no quantitativo de mortes violentas no comparativo com o mesmo período do ano anterior, quando não havia operação em curso. A estatística teve redução no número de ocorrências de 434 em 2022 para 334 no ano de 2023.
Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), a expectativa é de que a operação tenha continuidade. “Os resultados obtidos pela Operação Paz no RN são fruto da integração entre as forças de segurança pública que atuam no estado, melhor desempenho dos núcleos de inteligência e investigação, intensificação nos patrulhamentos preventivo e ostensivo, melhor distribuição dos efetivos, mais e melhores viaturas, armamentos, equipamentos de proteção e comunicação, além da valorização dos profissionais que compõem o sistema”, destaca o secretário, coronel Araújo Silva.
Operação Paz
A Operação Paz é uma ação conjunta coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em 12 estados (AP, AM, BA, CE, GO, PA, PE, MA, RN, RR, RJ e TO) com o objetivo de agregar e colaborar com os esforços que já vêm sendo realizados pelos governos estaduais em reduzir as Condutas Violentas Letais Intencionais. Compõem as CVLIs os homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios, mortes por consequência de lesões corporais e em decorrência da intervenção de agentes de segurança pública.
No RN, a Operação Paz é supervisionada pela SESED, e envolve a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiro Militar, Instituto Técnico-Científico de Perícia, Polícia Penal, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.
Números gerais (setembro/outubro/novembro/dezembro)
Prisões: 547
Armas de fogo apreendidas: 67
Explosivos apreendidos: 17
Munições apreendidas: 567
Barreiras policiais realizadas: 2.291
Pessoas abordadas: 45.203
Veículos abordados: 23.494
Mandados de prisão cumpridos: 318
Ações ostensivas realizadas: 71.135


comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se