NOME NOME NOME NOME NOME

09/07/2023

POLÍCIA MILITAR PRENDE EM PONTA DO MEL-RN ACUSADO PELO SEQUESTRO DA IRMÃ DO JOGADOR HULK




Policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) do 12º Batalhão de Polícia Militar realizaram uma importante captura neste domingo(09). Durante uma abordagem na Praia de Ponta do Mel, no município de Areia Branca, região da Costa Branca do Rio Grande do Norte, a equipe liderada pelo sargento Júnior deteve um homem foragido da justiça paraibana.
O indivíduo em questão é José Eliton Melo dos Santos, de 35 anos, natural de Delmiro Gouveia, no estado de Alagoas. 
Ele estava sendo procurado por possuir um mandado de prisão definitiva em aberto na Comarca de Campina Grande, na Paraíba. A condenação de José Eliton foi de 5 anos e 6 meses pelo crime de sequestro, conforme previsto no artigo 159 do Código Penal.
Antes de sua captura, José Eliton estava cumprindo pena em regime semiaberto, com medidas cautelares determinadas pelo sistema judicial. 
No entanto, em 28 de setembro de 2022, o juiz Gustavo Pessoa Tavares de Lyra, da Vara de Execução Penal de Campina Grande, expediu um mandado de prisão válido até agosto de 2023.
A Polícia Militar informou que o foragido preso é um dos envolvidos no sequestro de Angélica Aparecida Vieira, irmã do jogador da Seleção Brasileira Hulk.
Após a prisão, José Eliton foi conduzido à delegacia da Polícia Civil de Plantão em Mossoró, onde foi apresentado ao delegado Roberto Moura. 
O condenado será encaminhado à Cadeia Pública, onde ficará à disposição da justiça paraibana, aguardando os procedimentos legais referentes à sua situação criminal.
Entenda o caso:
Angélica Aparecida Vieira de Souza, irmã do jogador foi sequestrada em novembro de 2012, na época com 22 anos, de acordo com a justiça da Paraíba, consta nos autos que Angélica era estagiária na área de Nutrição, no restaurante de propriedade de Élio Pereira, com quem Rodolfo, um dos envolvidos, mantinha laços de amizade e onde costumava realizar refeições.
Rodolfo Bruno Barbosa Sousa foi candidato a vereador de Campina Grande no ano de 2012, mas não foi eleito.
De acordo com a denúncia, no dia 5 de novembro de 2012, Élio Pereira teria convidado a vítima para uma palestra, em endereço diverso do restaurante. 
Ao se dirigirem para o local, fizeram uma parada em frente à Casa de Recepções “Casa Bela”, ocasião em que José Éliton e Victor Hugo abordaram Angélica e a levaram, num veículo Blazer, cor preta, de propriedade de Rodolfo Barbosa.
O cativeiro onde ela ficou é situado na Rua Cel. Honorato da Costa Agra, 492, bairro do Catolé, em Campina Grande.
O valor cobrado pelo resgate de Angélica seria de R$ 300 mil, mas uma discordância entre os comparsas quanto à divisão do montante fez com que um deles decidisse libertar a refém. A jovem foi liberada no dia seguinte (6).

Ponta Negra News

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se