NOME NOME NOME NOME NOME

21/11/2019

ACUSADO DE ENVOLVIMENTO NA MORTE DO PM ILDÔNIO MORRE EM CONFRONTO COM FORÇA TAREFA EM MOSSORÓ




Policiais civis e militares realizavam no final da noite desta quarta-feira, 20 de Novembro de 2019, uma operação dominada de “Força-Tarefa” na região do Grande Alto de São Manoel em Mossoró, na região Oeste Potiguar.
Durante a ação, os policiais tentaram prender na Avenida Sérvulo Marcelino no bairro Planalto 13de Maio, a pessoa de Wilhian Bezerra de Oliveira, de 24 anos. Mas ele reagiu a abordagem e trocou tiros com os policiais.
O mesmo foi baleado e foi socorrido às pressas para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) mas não resistiu e veio a óbito na unidade hospitalar.
Segundo a polícia, Wilhian Bezerra estava foragido da justiça e era um dos principais suspeitos de participação da morte do Cabo da PM Ildônio José da Silva, morto em suposto assalto no dia 16 de agosto de 2018, em um ônibus de estudantes entre Caraúbas e Governador Dix Sept Rosado.(RELEMBRE)
A Polícia Civil e Militar pedem que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou 190. A cidade de Mossoró, a segunda maior do Rio Grande do Norte, já contabilizar 190 mortes violentas neste ano de 2019.

Policial militar Ildonio José da Silva tinha 43 anos — Foto: Reprodução/redes sociais
Belo das Mirandas como era mais conhecido, respondia vários processos, nas comarcas de Campo Grande, Caraúbas e Upanema e estava com dois mandados de prisão, com sentenças condenatórias, em abertos pelos crimes de assalto, homicídio qualificado, latrocínio e trafico de drogas, nas Comarcas de Campo Grande e Upanema, no RN.


comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.