NOME NOME NOME NOME NOME

29/08/2019

POR FALTA DE VIATURAS SUFICIENTES NO ITEP DE MOSSORÓ SERVIDOR DE PAU DOS FERROS ARRISCA A VIDA E SOFRE ACIDENTE



Por falta de quantitativo de viaturas suficiente no ITEP (Instituto Técnico-Cientifico de Perícia) de Mossoró, servidores da recente unidade de Pau dos Ferros arriscam a vida.
Inaugurado há quase 1 ano, a unidade do ITEP de Pau dos Ferros era uma obra aguardada por toda a população do alto-oeste potiguar há mais de 30 anos, porém depois de inaugurada a sede do ITEP de Pau dos Ferros, que teria como um dos maiores benefícios desafogar a unidade regional de Mossoró, acabou servindo para dar suporte técnico a unidade de Mossoró, o que quase acabou em tragédia na madrugada de hoje 29 de agosto.
Um servidor do ITEP de Pau dos Ferros que teria se deslocado conduzindo uma viatura de remoção de cadáver (o popular rabecão) para atender ocorrências na região de Mossoró, uma vez que a viatura daquela unidade havia se deslocado para cidade de Natal com um cadáver para ser realizado exames. No caminho de volta para Pau dos Ferros, por volta das 2h da madrugada, o condutor da viatura perdeu o controle do carro, colidiu com uma placa de publicidade e logo em seguida desceu um barranco nas mediações da cidade de São Francisco do Oeste.
Há tempos que já é de conhecimento da população a exaustiva carga de trabalho a que são submetidos os servidores da segurança pública. Porém esse fato em questão deixa claro a falta de estrutura que passa o ITEP-RN, pois sem quantitativo mínimo de viaturas para funcionar, tem que deslocar o transporte de uma unidade para outra; também percebe-se a falta de infraestrutura para exames mais detalhados em cadáver, sendo necessário ter que se deslocar para a Capital.
Felizmente, o servidor envolvido no acidente não teve ferimentos graves. Porém a população do alto-oeste que tanto aguardou o ITEP e que não mais precisava deslocar-se para Mossoró a fim de realizar a liberação de cadáver, agora volta a depender de viaturas de outras unidades para fazer o recolhimento de corpos.
José Antonio Nunes/Folha Regional

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.