NOME NOME NOME NOME NOME

24/07/2019

[VÍDEO] SUSPEITO DE MATAR NAMORADA NO RN FALA PELA 1ª VEZ SOBRE O CASO



Serafim Crisóstomo Júnior é apontado como principal suspeito de ter matado Josierica da Rocha Alves no dia 5 de junho de 2019, em Monte Alegre
Com semblante sério e sem encarar as câmeras. Com esse comportamento, o empresário Serafim Crisóstomo Júnior, 30 anos, falou com exclusividade para o repórter Sérgio Costa, do programa Patrulha da Cidade, da TV Ponta Negra, emissora do Sistema Opinião.
Ele foi preso na tarde da terça-feira (23) apontado pela Polícia Civil como principal suspeito da morte da namorada dele, Josierica da Rocha Alves, 23, assassinada no dia 5 de junho, na cidade de Monte Alegre, Região Metropolitana de Natal. O resultado do laudo de balística apontou que a bala que atingiu a cabeça da estudante veio da arma do empresário, de acordo com a Polícia Civil.
Na cela 2 da Central de Flagrantes da Polícia Civil na noite da terça-feira (23), o suspeito concedeu entrevista sobre o dia do crime e negou envolvimento. “Eu sou tranquilo, tenho a cabeça muito fria, não guardo raiva de ninguém, não tinha para que fazer isso com uma namorada minha. Não sei porque a polícia está fazendo isso. Até agora estou sem saber porque estou aqui”, alegou Serafim Júnior. Ele reafirmou o que disse anteriormente à polícia no dia do crime que a estudante universitária foi morta vítima de latrocínio quando eles dois chegavam em casa.
“Naquele dia eu estava na casa dos meus pais, quando recebi a mensagem dela dizendo que fosse buscá-la em frente ao hospital quando ela chegasse da universidade no ônibus. Fui lá por volta das 23h e em seguida fomos para a minha casa, quando abri o portão eletrônico e entramos com o carro, ela desceu para abrir o outro portão de acesso, que era manual. Foi nesse momento que apareceram dois homens armados. Eu ainda estava dentro do carro e um deles foi com ela para trás do carro. Começaram a atirar e só depois eu atirei contra eles. Não tinha como eu atirar contra ela, que estava nas minhas costas”, relatou.
O crime
O crime que ocorreu no início de junho chocou a pacata cidade de Monte Alegre. Logo após a morte de Érica, como era mais conhecida, o namorado da vítima começou a afirmar à polícia que os dois tinham sido vítimas de tentativa de assalto e ela morreu caracterizando um possível “latrocínio”.
No entanto, as investigações apontaram que a bala alojada na cabeça de Josierica saiu da arma do seu então namorado. Também foram divulgadas pela polícia imagens de câmeras de vigilância mostrando a chegada de Josierica naquela noite e ela entrando no carro do namorado.
Outro vídeo de câmeras de segurança da rua onde fica a casa de Serafim mostram ele saindo no carro depois que o crime teria sido cometido. Sobre esse assunto o suspeito não quis comentar com a equipe de reportagem da TV Ponta Negra.
De acordo com familiares e amigos de Josierica, ela tinha um relacionamento com Serafim Júnior há seis anos. O pai de Érica como era mais conhecida, Erinaldo Alves, conta que não tomou conhecimento de nenhum ato de violência anterior praticado pelo suspeito contra a filha, mas não gostava da relação dela filha com Serafim. “Eu aconselhava ela e nem sabia que eles namoravam há seis anos, para mim eram só três”, afirmou.
O pai afirmou que ficou desconfiado da atitude do namorado da filha alguns dias após a morte dela. “No começo eu fiquei desnorteado e não desconfiei, mas depois quando vi ele andando de um lado para o outro como se nada tivesse acontecido, achei estranho”. Primas da vítima afirmaram que a relação deles era conturbada.

OP9

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.