NOME NOME NOME NOME NOME

10/03/2019

SEPULTADAS AS QUATRO VÍTIMAS DE ACIDENTE DA MESMA FAMÍLIA OCORRIDO NA BR 110 ENTRE MOSSORÓ E UPANEMA-RN



A família havia passado a semana de carnaval na cidade de Mossoró (RN),as irmãs o filho de uma delas e o noivo da outra morreram
Vítimas do acidente haviam passado o carnaval e praias próximas a Mossoró e voltavam para casa quando aconteceu o acidente Fotos reprodução/Facebook
Os quatro integrantes de uma mesma família de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, que morreram em um acidente na BR 110 entre a cidade de Mossoró e Upanema  no Rio Grande do Norte no sábado (9) foram e sepultados na tarde deste domingo na cidade de Santa Cruz do Capibaribe.
As cerimônias de despedida das irmãs Vanderlânia Arruda, de 27 anos, e Valdilene Arruda, de 36, e do menino Antônio Neto, de 7, filho de Valdilene, ocorrem no Cabana Club, no Bairro Nova Santa Cruz. Já Everaldo Penha, noivo de Vanderlânia, foi velado em um residência da cidade.
Além dos quatro mortos, outra vítima do acidente, identificada como Wêdja Ystefany, de 19 anos, está internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.Ela sofreu uma fratura no fêmur e precisou passar por cirurgia, mas foi internada consciente.
A família havia passado a semana de carnaval na cidade de Mossoró (RN) e em algumas praias da região e retornava para Santa Cruz. 
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o veículo em que a família viajava colidiu atrás de um caminhão que transportava cilindros de gás natural na madrugada de sábado.(RELEMBRE)
De acordo com o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, a carreta havia se incendiado quando transitava pela rodovia por volta da meia noite e o incêndio foi contido, mas o veículo foi abandonado na pista. Como não havia sinalização, o motorista do carro de passeio não conseguiu frear a tempo. O condutor do caminhão não foi localizado e deve ser investigado para que se apura a responsabilidade dele no acidente.


Wêdja Ystefany, de 19 anos, foi a única sobrevivente e está internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Gente infelizmente a tragédia foi grande e lamentável, mas vcs não estão pensando no motorista do caminhão, coloquem-se no lugar dele por um instante e respondam pra si mesmos:-Se fosse vcs,dirigindo um caminhão transportando cilindros de gás, e derrependente o caminhão começasse a incendiar,será que daria tempo ou pensariam em procurar um lugar melhor pra estacionar,ou procurar algo pra servir de sinalizador,ou saíram correndo pra não morrer incendiado,com o caminhão quase a explodir? Gente convenhamos que a situação daquele motorista tbm não foi fácil, correu conta o tempo pra pra não perder a vida. Na minha opinião foi uma fatalidade.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.