NOME NOME NOME NOME NOME

12/12/2018

MPRN DENUNCIA 'CAIXA' DE FACÇÃO CRIMINOSA USADA PARA LAVAGEM DE DINHEIRO E BLOQUEIA CONTAS DE PRESO



Novo mandado de prisão foi cumprido contra um homem que já está preso. Agora, contas bancárias dele foram bloqueadas pela Justiça.
Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga fica em Nísia Floresta, na Grande Natal — Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi
O Ministério Público do Rio Grande do Norte denunciou um homem que já está preso por lavagem de dinheiro e por integrar uma organização criminosa. Segundo as investigações, o detento exercia a função de ‘sintonia do caixa’, como é chamado o responsável pela movimentação financeira da facção. As contas dele foram bloqueada pela Justiça, mas os valores não foram revelados.
No início da semana, inclusive, um novo mandado de prisão foi cumprido contra o detento, que encontra-se encarcerado na Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, unidade anexa à Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.
Ainda de acordo com o MP, o ‘sintonia do caixa’ é responsável pela administração do dinheiro da organização criminosa, sobretudo quanto ao controle, cobrança da mensalidade, pagamentos dos auxílios às mulheres dos integrantes e prestação de contas.
“O financiamento desta organização criminosa potiguar, ainda segundo o que foi investigado, se dá pelo pagamento efetuado por todos os integrantes de uma mensalidade para o ‘caixa’ da facção. Esses valores variam conforme a situação do membro da facção, dependendo se ele está preso ou solto”, ressaltou o MP.
O MP também informou que o preso utilizava uma das contas bancárias dele para tornar o recursos lícitos, lavando, dessa maneira, valores obtidos com o crime.
Na investigação, ficou apurado que o preso não possui nenhuma fonte de renda legal, não havendo, assim, justificativa para a movimentação bancária e inúmeros depósitos efetuados.
“As contas bancárias dele foram bloqueadas e sequestradas. Ele vai continuar preso na Penitenciária Rogério Coutinho Madruga”, concluiu o MP.

G1-RN
<

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.