Clicky

NOME NOME NOME NOME NOME NOME

01/12/2017

POLÍCIA DO RN INVESTIGA ASSASSINATO DE ADOLESCENTE QUE TEVE FOTOS EXIBIDAS NAS REDES SOCIAIS



Liliane Maria foi tortura e morta por integrantes de facção rival; Disse a Polícia.
O corpo da adolescente Liliane Maria de Brito da Silva, de 17 anos foi encontrado na tarde desta quinta-feira (30), pelo próprio pai em uma região de mangue próxima a ponte velha, entre Natal e São Gonçalo do Amarante. A jovem que estava desaparecida desde a quarta foi torturada e morta por integrantes de uma facção rival, disse a policia.
Durante a manhã policiais militares e civis realizaram buscas em vários pontos de manguezal e viveiros de camarão, no bairro Jardim Lola e em uma localidade conhecida como Pedrinhas, em São Gonçalo, mas não encontraram nenhum sinal da vítima. O trabalho foi acompanhado pelo pai da adolescente que pediu para não ser identificado.
O homem continuou a procurar pela filha em outros locais e por volta das 15h encontrou o corpo com marcas de violência em um espaço na lama, entre o rio Potengi e a vegetação. A polícia foi acionada e uma equipe do ITEP para os procedimentos legais. A investigação para apurar a morte da adolescente ficará sob a competência da delegacia do município de São Gonçalo do Amarante.
A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa investiga o possível assassinato de uma mulher que teve as fotos exibidas nas redes sociais sofrendo tortura em uma região de mangue, no bairro Jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante. 
A vítima seria integrante de uma facção e pode ter sido morta por inimigos.
Essa afirmação foi feita pelo delegado Marcos Vinícius, diretor da DHPP. O bacharel ainda relatou que foram realizadas buscas na região, um material apreendido em uma residência, mas o corpo não foi encontrado. "Estamos trabalhando na hipótese de Homicídio diante das informações que recebemos inclusive fotos, mas ainda não podemos confirmar nada", disse.
Uma das fotos divulgadas mostra a jovem caída ao solo e sangrando, o que leva a crer que ela foi morta e o corpo jogado em outro ponto da maré, para dificultar as diligências. Além das imagens a polícia recolheu áudios onde suspeitos anunciam o assassinato da vítima argumentando espionagem por parte da mulher. Quem souber de qualquer informação sobre o caso pode ligar para o disque denúncia pelo telefone 181.

Por Sérgio Costa

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.