Clicky

NOME NOME NOME NOME NOME NOME

27/10/2017

SUSPEITO DE PARTICIPAR DA MORTE DE PM EM MOSSORÓ É PRESO NO ESTADO DE ALAGOAS



Um homem identificado como Lucas Gradestone Fernandes Rodrigues de Arruda foi detido em Arapiraca por invasão de domicílio, ocasião em que tentou usar uma criança portadora de necessidades especiais como escudo para deixar a residência.
Detido por familiares e populares, que aplicaram uma surra, o invasor foi levado para o 53º Distrito Policial (DP) da capital do Agreste,depois de ser atendido no Hospital de Emergência do Agreste.
Durante a investigação do caso, a equipe comandada pela delegada Maria Fernandes descobriu que o carro usado pelo preso que se identificou como Daniel dos Santos usando documentos falsos usava placa clonada.
Além disso, a mulher que se apresentou como companheira de Daniel fez várias referências ao nome Lucas em seu depoimento no 53º  DP. Com base na pista, foi feito um levantamento que revelou que o preso tinha mandado de prisão expedido pela justiça do estado do Rio Grande do Norte.
“Descobrimos que, na verdade, o nome dele é Lucas Gradestone e tinha esse mandado de prisão em aberto por conta da morte do um policia l”, declarou a delegada Maria Fernandes ao repórter Mitchel Torquato, destacando o trabalho serviço de inteligência do 53º DP.
Não fosse a desconfiança que resultou na descoberta do mandado, Lucas já estaria em liberdade.
Agora, além de responder pelo crime de homicídio no Rio Grande do Norte, ele também será processado por falsidade ideológica e invasão de domicílio, crimes que cometeu em Alagoas.
Gradestone é suspeito de ter participado do homicídio contra o policial militar Wildney Alves de Andrade, 23 anos, no dia 21 de março de 2016 em um cartório localizado no centro da cidade de Mossoró.(RELEMBRE)

7Segundos com alterações

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Ja faz mais de ano q o outro ta preso por lá ,e a justiça não ta nem ai pra transferi ele,agora sao os 2 esperamos q a justiça não demore em trazê-los para pagar aqui pelo q fez...

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente as polícias acreditam que se eles vierem pro RN, serão mortos, Podem até esta certo. Ele já deu sorte uma vez graças a força nacional e, a regra de 10 pra 1 deve ser cumprida sob pena da manutenção desse cabaré instalado hoje na segurança desse estado criminoso que jogou essa semana um PM condenado dentro da Cadeia Pública de Mossoró. Justiça é pra todos e sem exceção.

    ResponderExcluir
  3. Kkkkk...pode prender agora traga a merda do polícial que morreu de volta, kkkkk polícia corrupta tem que morrer mesmo .....morte a todos

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.