Clicky

NOME NOME NOME NOME NOME NOME

24/10/2017

MOVIMENTO ESPIRITA DE MOSSORÓ EMITE NOTA DE PESAR PELA MORTE DE PALESTRANTE EM HOTEL DA CIDADE



Nota de pesar
É com pesar que informamos o desencarne do nosso querido irmão Lourenço de Barros, dedicado trabalhador e palestrante espírita. A passagem do nosso confrade para a pátria espiritual ocorreu na tarde desta terça-feira, 24/10/2017, na cidade de Mossoró, Rio Grande do Norte. 
Lourenço nos deixa um exemplo de dedicação e compromisso com a doutrina, havendo dedicado suas últimas energias na divulgação e vivência do espiritismo ao realizar, no dia anterior ao seu desencarne, a palestra de abertura da 29ª Semana Espírita de Mossoró.
Na certeza do amparo da espiritualidade superior nesse momento de passagem, pedimos orações e boas vibrações para que nosso irmão tenha um suave retorno ao mundo dos espíritos e que o amor do nosso mestre Jesus conforte os corações daqueles que sentirão sua falta no convívio entre os encarnados.
Em razão desse acontecimento, informamos que todas as atividades do dia 24/10/2017, terça-feira, da 29ª Semana Espírita de Mossoró serão canceladas e que retornaremos com nossas atividades no dia 25/10/2017, quarta-feira.
Movimento Espírita de Mossoró
24/10/2017

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Ame ao seu próximo como a se mesmo e tudo estará resolvido.

    ResponderExcluir
  2. Minhas condolências à família do senhor Lourenço de Barros. Religião é uma ideologia, não uma arma para sair detonando os pensamentos contrários. As pessoas, devem ser respeitadas não por suas religiões, mas pelos seus atos em vida. Usar a religião para se transformar num julgador, é algo inaceitável. Cuidem de suas vidas e respeitem os que se foram. Perceberam que a luta de ideologias religiosas não chegou a nenhum consenso. Eu sou católica e procuro respeitar todos, até os que não têm religião, porque não cabe a mim julgar ninguém.

    ResponderExcluir
  3. Minhas condolências à família do senhor Lourenço de Barros. Religião é uma ideologia, não uma arma para sair detonando os pensamentos contrários. As pessoas, devem ser respeitadas não por suas religiões, mas pelos seus atos de amor e bondade que fizeram em vida. Usar a religião para se transformar num julgador, é algo inaceitável. Cuidem de suas vidas e respeitem os que se foram. Perceberam que a luta de ideologias religiosas não chegou a nenhum consenso. Eu sou católica e procuro respeitar todos, até os que não têm religião, porque não cabe a mim julgar ninguém.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.