Google Analytics Alternative
NOME NOME NOME NOME NOME

25/07/2017

CONDENADO A 80 ANOS DE PRISÃO EM MOSSORÓ,É RECAPTURADO PELA DHPP EM JARDIM DE PIRANHAS-RN



Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Mossoró, sob o comando dos delegados Rafael Arraes e Liana Aragão, recapturaram na tarde desta terça feira (25), na cidade de Jardim de Piranhas na região do Seridó Potiguar o fugitivo da Cadeia Pública de Mossoró, Alysson Kleyton Dantas de Oliveira de 23 anos de idade. 
O mesmo foi condenado pelo Tribunal do Juri Popular a 80 anos de prisão por ter matado no ano de 2013, duas pessoas, entre elas uma criança de 02 anos e baleado outras duas, durante um tiroteio em uma Vila no bairro Barrocas em Mossoró. No final a pena ficou fixada em 30 de acordo com a legislação brasileira. 
Na oportunidade, foram mortos: Deyse Kelly Felix da Silva, a época com 2 anos e 4 meses (morreu após ser liberada do Hospital Tarcísio Maia); João Maria da Silva, comerciante na época com 47 anos (morreu no local e não tinha nada a ver com o caso). (RELEMBRE)
Ainda na ocorrência foram baleados: Jeferson Vieira Lopes, o Jefinho, a época com 16 anos,posteriormente terminou sendo assassinado e Gabriel Cosme da Silva Oliveira, estudante de 17 anos. 
Após ser julgado e condenado, Alysson Kleyton foi encaminhado à Cadeia Pública e posteriormente seria transferido para cumprir a pena em regime fechado da Penitenciária Mário Negócio, mas conseguiu fugir antes mesmo de ser transferido. Sua fuga aconteceu no dia primeiro de janeiro de 2016 e até a data de ontem (24) não havia sido recapturado. Após receber informações sobre o paradeiro do homicida, considerado pela polícia como perigoso, a equipe da DHPP de Mossoró se dirigiu até a cidade de Jardim de Piranhas, onde conseguiu recapturar o fugitivo. 
Segundo o delegado titular da especializada Dr. Rafael Arraes,o preso está sendo trazido por sua equipe para a sede da DHPP em Mossoró e será apresentado a Imprensa logo mais as 17 horas.

Texto Fim da Linha

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. É o caso de Valéria patrícia? Queremos resposta

    ResponderExcluir
  2. e verdade cadê justiça.o caso de Valéria .de Cristiane Moura .foi assinada na academia.dos Malvinas

    ResponderExcluir
  3. Ah Valéria Patrícia...minha gente acho que nunca vão esclarecer e não precisa de muito esforço pra Polícia descobrir que quem foi o monstro,o canalha covarde que tirou a vida daquela linda moça...acho q é falta de interesse gente tá na cara...mas esse safado pode fugir da justiça dos homens mas Deus sabe quem é ele é,quando menos agente esperar no tempo certo esse lixo vai ser descoberto e castigado...me solidários com a família sintam se todos abraçados por mim!

    ResponderExcluir
  4. Se ñ tiver dinheiro esqueça fica por isso mesmo.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.