Google Analytics Alternative
NOME NOME NOME NOME NOME

03/11/16

POLÍCIA CIVIL DO RN APREENDE DINAMITES,E MAQUINA USADA PARA LAVAR DINHEIRO DE QUADRILHA QUE ASSALTAVA CAIXAS ELETRÔNICOS



Material apreendido com criminosos tinha dinamites, maçaricos e outros itens para violar caixas eletrônicos
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu, na manhã desta quinta-feira (3), seis pessoas suspeitas por envolvimento a ataques a caixas eletrônicos no Rio Grande do Norte. O grupo foi preso com diversas bananas de dinamite, utensílios para os arrombamentos e até uma máquina para lavar o dinheiro roubado. O grupo tinha pessoas do Rio Grande do Norte e de outros estados do Nordeste.
Material apreendido com criminosos tinha dinamites, maçaricos e outros itens para violar caixas eletrônicos
As prisões ocorreram em três pontos distintos. Em uma residência no Planalto, os policiais da Delegacia Especializada no Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam Arimildo Silva de Lima, de 35 anos. Lá, os policiais encontraram boa parte do material usado nos ataques e também a máquina de lavar. Em Ponta Negra, os agentes efetuaram prisões em dois imóveis.
Bananas de dinamite foram apreendidas pela Polícia Civil
Em um apartamento no bairro estavam os pernambucanos Cícero Batista Rodrigues, de 33 anos, conhecido como Galeguinho de Euclides e foragido do sistema prisional de Pernambuco, e Marcos Antônio Lopes, 33 anos, preso anteriormente por explosão ao Banco do Brasil da cidade de São José de Campestre. Além deles, também foi preso Eduardo Pereira Costa, de 45 anos, conhecido como Baiano, que já tinha envolvimento a roubo a banco em Sergipe, e Lorena Lopes Santos, de 31 anos, que é a mulher de Marcos Antônio Lopes. Em uma casa no mesmo bairro foi preso Pedro Adelaide Cavalcante da Silva, de 41 anos, que é foragido de Alcaçuz.
Espalhados pelos locais onde foram presos os suspeitos, a Polícia Civil encontrou R$ 11 mil, maçarico, serra elétrica, celulares e dezenas de bananas de dinamite.
Máquina de lavar era utilizada para lavar cédulas após explosões em caixas
A Polícia Civil não detalhou a investigação que levou à prisão dos suspeitos e também não informou sobre quantos casos têm a quadrilha como suspeita de autoria. Porém, o delegado Odilon Teodósio afirma que a investigação segue e que há informações sobre outros envolvidos em mais crimes de ataques a bancos.
"Nessa modalidade de crime, eles se misturam. Eles podem ser assaltantes de caixas eletrônicos, assaltantes comuns, e ainda não há como saber qual a atuação de cada um deles", disse Odilon Teodósio. "Apesar de trabalharem em outras modalidades, eles podem usar com maçaricos ou explosivos", afirmou.
Segundo o delegado Emerson Valente, o grupo já tinha planos para realizar pelo menos mais um assalto. "Com certeza, a Deicor conseguiu impedir uma ação prevista para essa semana em Natal", disse.Os suspeitos serão ouvidos pela Polícia Civil e ficarão presos à disposição da Justiça.


Fotos/Hana Dourado 
Tribuna do Norte

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. São mais Organizados que o Governo do Estado que só pensa em arrecadar Tributos

    ResponderExcluir
  2. Concordo pense no povo organizado

    ResponderExcluir
  3. Acho q vivemos um novo momento do cangaço brasileiro. Infelizmente, ainda mais armado, organizado e andando de carros ao inves de cavalos e jumentos... Hospedando-se em hoteis e moteis ao inves de alguma capoeira no mato...
    A nossa policia faz oq pode, mas nao tem o total apoio dos governantes... Ai ja viu.
    Entao, Eu so tenho duas coisas a dizer: ê! ê!

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.