Google Analytics Alternative
NOME NOME NOME NOME NOME

27/08/16

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE DESAPARECIMENTO DO AUDITOR DAS LOJAS RIACHUELO EM MOSSORÓ-RN



Homem foi preso em Nova Parnamirim cartões de créditos da vitima que estavam sendo usado pelo suspeito em vários estabelecimentos comerciais em Natal.
Foto divulgação/DGEPOL
Investigação conjunta de policiais da delegacia especializada em furtos e roubos (DEFUR) de Mossoró e da divisão de homicídio e proteção a pessoa (DHPP), levou a localização e a prisão no final da tarde de ontem 26 de agosto de 2016, em Nova Parnamirim, de Dayvson Andre Silva de Oliveira, 23 anos, principal suspeito do desaparecimento do auditor das lojas Riachuelo, Dinarte Bezerra da Silva Filho, de 36 anos.
Dayvson foi preso por ter mandado em prisão temporária decretada de trinta dias, no momento da prisão ele estava em frente a um estabelecimento educacional em Nova Parnamirim. Em uma diligencia realizada em sua residência a polícia localizou três cartões de créditos da vitima que estavam sendo usado pelo suspeito em vários estabelecimentos comerciais em Natal.
“Estive com Dinarte pela última vez no domingo e depois segui com dois amigos para praia de Canoa Quebrada, ele ficou em Mossoró” disse Dayvson.
Explicando o motivo dos cartões do desaparecido está em sua posse, ele, afirmou que constantemente ficava com os cartões de Dinarte para resolver pendências.
Dinarte Bezerra está desaparecido desde o ultimo domingo (21), quando foi visto saindo do hotel em que estava hospedado em companhia de Dayvson Andre, na noite de quarta-feira (24), o carro de Dinarte foi encontrado pela polícia abandonado no município de Bento Fernandes.
Atuaram na investigação que levou a prisão Dayvson, os delegados Luiz Fernando, Andre Albuquerque e Bem-Hur Medeiros.

comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. A policia der mais pressão ele diz onde ta o corpo. Porque esse cabra ta morto

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.