Google Analytics Alternative
NOME NOME NOME NOME NOME

02/08/16

POLÍCIA ANUNCIA PRISÃO DE 'NÚMERO 2' QUE ORDENA ATAQUES NO RN



Daniel de Carvalho foi preso na madrugada desta terça-feira (2). Segundo a Polícia Civil, suspeito chegou a coordenar ataques no estado.
Daniel de Carvalho foi preso nesta terça (2), em Parnamirim (Foto: Degepol/Divulgação)
A Polícia Civil doi Rio Grande do Norte anunciou nesta terça-feira (2) a prisão de Daniel Silva de Carvalho, apontado como sendo o "número 2" da facção que reivindica os ataques criminosos que vêm sendo registrados no Estado desde a sexta (29). Além dele, foi presa Islania de Abreu Lima, que também seria uma das chefes da quadrilha. Os dois foram presos em cumprimento a mandados de prisão.
De acordo com a Polícia Civil, Daniel Silva de Carvalho, de 29 anos, é o segundo na linha hierárquica da organização criminosa no Estado. Segundo as investigações, o suspeito dava suporte as ações da facção, intermediando o contato entre João 'Magro' - preso pela polícia neste domingo (31) e apontado como líder da facção - e membros do baixo escalão, responsáveis diretos pelos atentados. Daniel era preso do regime semiaberto e usava uma tornozeleira eletrônica no momento em que foi preso.
Segundo o delegado geral da Polícia Civil no RN, Clayton Pinho, o suspeito foi preso em casa,  em cumprimento a um mandado de prisão temporária de 30 dias expedido pela Vara Criminal de Parnamirim, na Grande Natal, e não reagiu no momento da prisão. O local da prisão foi mantido em sigilo pela polícia.
A polícia também manteve em sigilo o local aonde foi presa Islania de Abreu Lim, de 24 anos. Segundo a Polícia Civil, Islania é mulher de outro representante do alto escalão da facção, que foi preso no RN e transferido para o Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia. De acordo com as investigações, Islênia chefiaria parte da quadrilha a mando do marido.
A mulher também foi presa em cumprimento a um mandado de prisão. O local da prisão também não foi divulgado pela Polícia Civil.
De acordo com os números da Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social (Sesed), 72 suspeitos de participação nos ataques no RN já foram presos ou apreendidos. Ao todo, 80 ocorrências já foram registradas no estado.
Edson Cardoso Bezerra (Gato), Anderson Mendonça da Silva (Sancinho), Cosme Wendel Rodrigues Gomes (Cego), Alex Barros de Medeiros e Marcos Paulo Ferreira (Cabeça do Acre) foram transferidos de parnamirim para Mossoró.
Transferências
Após os ataques, o Governo do Estado iniciou um processo de identificação e transferência de presos que estariam comandando os atendados de dentro das prisões.
Nesta segunda-feira (1º), cinco detentos, apontados como líderes da facção dentro dos presídios, foram isolados e transferidos para a Penitenciária Federal de Mossoró, na região Oeste potiguar.
De acordo com o governador Robinson Faria, os presos transferidos foram identificados pelo setor de inteligência da polícia potiguar após terem celulares monitorados. Ainda de acordo com o governador, outros 20 detentos também serão transferidos para presídios federais em breve.
Estado agiu rápido
Secretário de Justiça e Cidadania, responsável pelo sistema prisional potiguar, Wallber Virgolino disse que é importante destacar que o Estado agiu rápido na identificação dos criminosos. "Nosso setor de Inteligência foi muito eficiente. Identificamos, isolamos e transferimos os líderes dessa facção. Outras providências também estão sendo tomadas e logo a paz será restabelecida no Rio Grande do Norte. A população pode acredita nisso", enfatizou.
Natal e várias cidades do RN vêm sofrendo onda de ataques desde a última sexta-feira, dia 29 (Foto: Alisson Emanuel de Oliveira Fagundes)
Reforço federal
O Governo do Rio Grande do Norte confirmou o apoio de 1.000 homens do Exército e 200 fuzileiros navais no reforço às forças policiais. “O número de ataques está diminuindo e as tropas federais vêm para colaborar nas ações de combate ao vandalismo”, disse o governador Robinson Faria. Entretanto, a data para início da atuação das tropas ainda não foi confirmada.


G1-RN

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.